Esportes




Desporto, esporte (português brasileiro) é toda a forma de praticar atividade física que, através de participação ocasional ou organizada, visa equilibrar a saúde ou melhorar a aptidão física e proporcionar entretenimento aos participantes. Pode ser competitivo, onde o vencedor ou vencedores podem ser identificados por obtenção de um objectivo, e pode exigir um grau de habilidade, especialmente em níveis mais elevados. São centenas os tipos de desportos existentes, incluindo aqueles para um único participante, até aqueles com centenas de participantes simultâneos, em equipas ou individualmente. Algumas atividades não físicas, como jogos de tabuleiro e jogos de cartas são muitas vezes referidos como desportos, mas um desporto é geralmente reconhecido como sendo baseada na Esportesatividade física. Desportos ou esportes são nor- malmente geridos por um conjunto de regras ou costumes. Eventos físicos, tais como marcar golos ou cruzar uma linha em primeiro muitas vezes definem o resultado de um desporto. No entanto, o grau de habilidade e desempenho em alguns desportos, como Salto ornamental, Adestramento e Patinagem no gelo é julgado de acordo com critérios bem definidos. Isto, em contraste com outras atividades julgadas, como concursos de beleza e de musculação, onde a habilidade não tem que ser mostrada e os critérios não são tão bem definidos. Os registos são mantidos e atualizados para a maioria dos desportos nos níveis mais elevados, enquanto que as falhas e as realizações são amplamente divulgadas na imprensa desportiva.

Veja alguns exemplos abaixo:

Aeromodelismo

AeromodelismoÉ o conjunto de atividades que envolvem a construção e o vôo de modelos, em escala reduzida (modelismo), de aeronaves e espaçonaves (aviões, balões, foguetes e etc). É um tipo de miniaturismo. Existem várias categorias de aeromodelismo: Radiocontrolado, VCC ou U/Control, Vôo livre, Aeromodelos com motores a explosão (combustão interna), Aeromodelos com motores elétricos e Planadores.


Águas abertas

Aguas_abertasDesigna-se por natação de águas abertas, natação de alto mar, natação de águas livres, natação de longa distância ou natação de fundo, a natação de grandes distâncias, realizada em lagos, rios ou mar aberto. Normalmente, toma a forma de travessias ou provas de mar. O nadador é equipado com trajes de banho, óculos de proteção, touca de banho, e deverá proteger-se do corpo por causa do frio e de irritações devidas ao sal. Equipamentos de mer- gulho, feitos de neoprene. A Federação Internacional de Natação define ‘natação de longa distância’ e ‘natação maratona’, segundo os seus regulamentos, como: OWS 1.1.1 Natação de longa distância – prova em local aquático natural cobrindo um máximo de 10 km. OWS 1.1.2 Natação maratona – prova em local aquático natural cobrindo um mínimo de 10 km.

Air hockey

Air_hockeyÉ um jogo para dois jogadores competindo tentando marcar pontos no gol do adversário usando uma tabela tendo uma baixa de fricção de superfície especial. Requer uma mesa de air-hockey, duas marretas para jogador portáteis, e um disco. Uma tabela típica de hóquei ar consiste numa grande superfície lisa, uma calha circundante para evitar o puck e malhos de deixar a mesa, e os entalhes no carril em cada lado da mesa, que servem como metas. Um martelo (por vezes chamado um guarda-redes (goleiro), avançado ou pás) é constituído por uma pega simples ligado a uma superfície plana, que geralmente se encontram alinhadas com a superfície da mesa. Os marretas mais comuns, chamados de ‘high-tops’, lembram pequenos sombreros de plástico, mais outras marretas, ‘flat-tops’, são utilizados com uma protuberância menor. Um grupo de cinco discos de Air Hockey. Discos de Air Hockey são feitos de Lexan policarbonato e resina. Discos padrão USAA-aprovados são amarelo, vermelho e verde. Em jogo competitivo, uma camada de fita branca e fina é colocada no lado da face para cima. Discos de Air Hockey vêm em círculos e outras formas (triângulo, hexágono, octógono ou quadrado). Mesas de quatro jogadores também existem, mas não são sancionadas por jogo competitivo.

Arremesso de peso

Arremesso_de_pesoÉ uma modalidade olímpica de atletismo, onde os atletas competem para arremessar uma bola de metal o mais longe possível. A bola oficial mas- culina tem massa de 7,26 kg e é geralmente feita de bronze ou ferro fundido e chumbo, possui cerca de 12 cm de diâmetro. Na categoria feminina tem massa de 4 kg exatos, sendo esta um pouco menor. O arremessador tem uma área restrita circular de diâmetro 2,135 m (7 pés) para se locomover; no início do lançamento, o peso deve estar colocado entre o ombro e o pescoço do atleta e deve ser lançado com as pontas dos dedos, e não com a palma da mão. Durante o lançamento, o atleta deve rodar sobre si mesmo e lançar (técnica com giro). A marca obtida em cada lançamento é medida a partir do primeiro lugar onde o peso bater no chão – em competições oficiais, se houver até oito competidores participando cada atleta tem direito a seis lançamentos. Quando há mais de oito, cada um tem direito a três lançamentos e somente os oito primeiros fazem mais três lançamentos. A sua posição na classificação é determinada pela distância obtida no maior arremesso válido.

Atletismo

AtletismoNa definição moderna, o atletismo é um esporte com provas de pista (corridas rasas, corridas com barreiras ou com obstáculos, saltos, arremessos, lançamentos e provas combinadas, como o decatlo, heptatlo e pentatlo); corridas de rua (nas mais variadas distâncias, como a maratona e corridas de montanha); provas de cross country (corridas com obstáculos naturais ou artificiais); e marcha atlé- tica. Considerado o esporte-base, por testar todas as características básicas do homem, o atletismo não se limita somente à resistência física, mas integra essa resistência à habilidade física. As provas são disputadas coletivas ou individualmente como as corridas, os saltos e os lançamentos. Conforme as regras de cada jogo, as competições realizadas em equipes somam pontos.

Automobilismo

AutomobilismoTambém conhecido como corridas de automóveis ou desporto motorizado é um desporto relacionado com competição com automóveis em geral. É um dos desportos mais populares do mundo e talvez aquele em que a comercialização seja mais intensa. O evento automobilístico pode ser realizado em autódromos, circuitos fechados construídos es- pecificamente para as provas de velocidade e ha- bilidades de condução dos veículos, ou circuitos de rua. São as seguintes Categorias: Corridas de monoposto, Ralis, Corridas em pisos de terra, Circuitos de terra, Todo-o-terreno, Corridas na neve, Rampas, Corridas de carros de desporto, Corridas de stock cars, Corridas de caminhões, Corridas lineares, Corridas de carros clássicos, Corridas de carros de turismo, Corridas de Drift, Karting.

Badminton

BadmintonA Peteca oficial de badminton tem 16 penas de ganso, que pesam apenas 6 g. O objetivo do jogo é fazer a peteca tocar na quadra adversária. Dessa forma o atleta ou dupla marcam um ponto no placar. O badminton é um jogo de raquete, que pode ser praticado individualmente ou em pares, sendo disputado num court por dois ou quatro jogadores, respectivamente, singulares e pares. O court é dividido em duas áreas iguais por uma rede e os jogadores utilizam raquete para bater o volante entre as duas partes por cima da rede. O jogo é ganho pelo jogador ou equipe que conseguir vencer dois sets, e cada set é ganho pelo jogador ou equipe que atingir primeiro os 21 pontos, devendo existir uma vantagem de 2 pontos. O campo de jogo de badminton deve ter de comprimento 13,40 m e deve ter de largura 5,18 m (jogo singulares) e 6,10 m (jogo pares).

Balé

BaléÉ o nome dado a um estilo de dança que se originou nas cortes da Itália renascentista durante o século XV, e que se desenvolveu ainda mais na Inglaterra, Rússia e França como uma forma de dança de concerto. As primeiras apresentações diante da platéia eram feitas com o público sentado em camadas ou galerias, disposto em três lados da pista de dança. Elas são realizadas principalmente com o acompanhamento de música clássica. É um tipo de dança influente a nível mundial que possui uma forma altamente técnica e um vocabulário próprio. Este gênero de dança é muito difícil de dominar e requer muita prática. Ela é ensinada em escolas próprias em todo o mundo, que usam suas próprias culturas e sociedades para informar esse tipo de arte. Há diferentes técnicas de balé, entre elas a mímica e atuação, são coreografadas e realizadas por artistas formados e também acompanhadas por arranjos musicais (geralmente de orquestra, mas ocasionalmente vocal). É um estilo equilibrado de dança que incorpora as técnicas fundamentais para muitas outras formas de dança. A sua forma mais conhecida é o balé romântico ou ‘Ballet Blanc’, que valoriza a bailarina em detrimento de qualquer outro elemento, focando no trabalho de pontas, fluidez e movimentos acrobáticos precisos. Esta forma utiliza como figurino o convencional tutu francês de cor branca. Atualmente existem várias outras modalidades de balé, entre eles balé expressionista, neoclássico e modalidades que incorporam elementos da dança moderna. Os princípios básicos do balé são: postura ereta; uso do en dehors (rotação externa dos membros inferiores), movimentos circulares dos membros superiores, verticalidade corporal, disciplina, leveza, harmonia e simetria. Existem Balé clássico e Balé contemporâneo.

Balonismo

BalonismoÉ um esporte aéreo praticado com um balão de ar quente. Possui adeptos em todo o mundo, no Brasil, o esporte vem se tornando popular a partir dos anos 90. O balão é considerado uma aeronave assim como avião, helicópteros e outros. Por esta razão o balão deve ter uma matrícula (prefixo) registrado junto à ANAC, seu piloto deve possuir uma licença (brevê) específico para a prática do balonismo também emitido pela ANAC. Além disso, o balão deve possuir uma apólice de seguro aeronáutico, um certificado de autorização de vôo obrigatórios. O balonismo no Brasil e no mundo vem se desenvolvendo prin- cipalmente por servir como uma poderosa ferramenta de mídia, atraindo anunciantes de todos os segmentos, ou seja; a presença nos balões de logomarcas de grandes empresas e ou campanhas publicitárias vem auxiliando no desenvolvimento e popularização do esporte. Tipos de balões: Balões de hélio tripulados; Balões de ar quente tripulados; Balões de ar quente tipo special shape.

Baseball

BaseballÉ um desporto praticado por duas equipes de nove jogadores, que alternadamente ocupam as posições de ataque e defesa. O objetivo é pontuar batendo com um bastão em uma bola lançada e depois correr pelas quatro bases do campo. Um jogador da equipe atacante pode parar em uma das bases e, depois, avançar com a ajuda da rebatida de um companheiro. Os times trocam de posição assim que três rebatedores são eliminados. Um turno de ataque e defesa de cada time representa uma entrada e nove entradas compõem um jogo profissional. O time com mais corridas no final vence. É um desporto muito popular na América do Norte, em alguns países da América Central, no Caribe hispanófono e no Extremo Oriente. Nos Estados Unidos a modalidade é a que atrai mais espectadores aos estádios. O basebol, apresentado a título de modalidade de demonstração em vários Jogos Olímpicos dispersos ao longo do tempo, foi incluído no programa oficial dos Jogos Olímpicos de Barcelona em 1992, sendo posteriormente removido a partir de Londres 2012. O gerente ou manager supervisiona as maiores decisões estratégicas do time, como a que instituiu a rotação da partida e a ordem dos rebatedores, antes de cada jogo, e fazendo substituições durante os jogos em particular, colocando relief pitchers. Managers são geralmente assistidos por dois ou três treinadores; eles podem ter funções especializadas, como trabalhar com os jogadores nas rebatidas, corridas e lançamentos. Na maioria dos jogos de alto nível, dois treinadores ficam no campo quando a equipe está rebatendo: um na primeira base e outro na terceira base, ocupando áreas designadas para eles fora das linhas do campo, auxiliando nas corridas quando a bola está em jogo e transmitindo sinais do manager para os rebatedores e corredores durante pausas no jogo.

Basquetebol

BasquetebolO objetivo do jogo é introduzir a bola no cesto da equipe adversária marcando pontos e, simul- taneamente, evitar que esta seja introduzida no próprio cesto, respeitando as regras do jogo. É jogado por duas equipes de 5 jogadores, que têm por objetivo passar a bola por dentro de um cesto colocado nas extremidades da quadra, seja num ginásio ou ao ar livre. Os aros que formam os cestos são colocados a uma altura de 3 metros e 5 centímetros. Os jogadores podem caminhar no campo desde que driblem batam a bola contra o chão a cada passo dado. Também é possível executar um passe, ou seja, atirar a bola em direção a um companheiro de equipe. O nome vem do inglês basketball, que significa literalmente ‘bola na cesta’. A equipe que obtiver mais pontos no fim do jogo vence. É um dos desportos mais populares do mundo.

Biathlon

BiathlonÉ qualquer evento esportivo composto de duas disciplinas. No entanto, biathlon geralmente se refere especificamente ao esporte de inverno que combina esqui cross-country e tiro ao alvo.

Outras variantes populares incluem biathlon verão, que combina corrida cross-country com o rifle, e biathle (também conhecido como ‘biatlo moderno’), que combina corrida com natação.


Bilhar

BilharÉ um jogo praticado numa mesa revestida de feltro verde, limitada por tabelas e sem buracos, contendo 3 bolas de marfim, uma vermelha e duas brancas (uma delas com um pequeno ponto). As bolas são impelidas por um taco. Cada jogador deve, a partir de sua bola previamente definida, conseguir uma carambola, ou seja, fazer a sua bola tocar nas outras duas. Cada carambola rende um ponto e permite ao jogador continuar jogando. Há diversas variantes do jogo, como a seguir: Pool, Pool Português, Bola 8, Bola 9, 14+1, Carambola, Mata-mata, Snooker e Sinuca.

Biribol

BiribolÉ um esporte aquático, praticado dentro de uma piscina de fibra ou vinil. O jogo é muito semelhante ao voleibol. É praticado dentro de uma piscina com 4 m x 8 m x 1,30 m (profundidade) com rede (a 2,62 m de altura para o masculino e 2,40 m para o feminino), bola específica e postes de sustentação. Duas equipes de duas ou quatro pessoas. No biribol, utiliza-se grande parte dos músculos do corpo, proporcionando um bom condicionamento físico.


Bobsleigh ou Bobsled

BobsleighÉ um esporte de inverno no qual equipes de duas ou quatro pessoas realizam, por meio de um trenó, descidas cronometradas em uma pista de gelo sinuosa e estreita especialmente construída para a competição. O trenó é movido pela força da gravidade, e pode atingir velocidades de até 150 km/h. As praticantes usam Capacete de skeleton, uniforme de competição, luvas, sapatilha de bobsleigh, ombreira, cotoveleira e joelheira. A equipe vencedora será aquela que completar o percurso o mais rápido possível.

Bocha

BochaConsiste em lançar bochas (bolas) e situá-las o mais perto possível de um bolim (bola pequena), previamente lançada. O adversário por sua vez, tentará situar as suas bolas mais perto ainda do bolim, ou ‘remover’ as bolas dos seus oponentes. As canchas devem ter dimensões de 26,50 m de comprimento, 4 m de largura e altura uniforme de 30 cm. Com prévia autorização da Comissão Técnica Arbitral Internacional – CTAI, da Con- federação Sulamericana de Bocha – CSB e da Confederação Brasileira de Bocha e Bolão – CBBB poderão ser utilizadas canchas com dimensões de 24 a 27 m de comprimento. A maioria de pessoas que pratica o esporte é composta de idosos, mas o quadro vem mu- dando nos últimos anos com a adesão de jovens ao esporte.

Bodyboard

BodyboardÉ um desporto onde o praticante desce a onda deitado ou de joelho (dropknee) numa prancha, que tem medidas (médias) de 38 polegadas a 42 polegadas (podendo haver maior ou menor).

Para auxílio da prática do desporto, utilizam-se pés de pato (Fins) que servem para auxiliar na entrada para o outside, para a onda e na execução de manobras.


Boliche

BolicheÉ um Desporto cujo objetivo é derrubar, com uma bola, uma série de pinos alinhados ao fundo de uma pista. Como a perícia do jogador é mais importante que a sua força ou resistência física, pode-se jogar bowling por toda a vida e obter bons resultados, tanto por lazer entre amigos e familiares como por desporto em competições nacionais e inter- nacionais. Oficialmente o boliche tem por fi- nalidade arremessar uma bola sobre uma pista para atingir dez pinos dispostos numa formação triangular. Uma partida ou uma ‘linha’ consiste em dez jogadas (frames). Do frame 1 ao 9 o jogador tem direito a dois arremessos no máximo, a fim de derrubar todos os pinos ‘Spare’. No caso de derrubar todos os pinos no primeiro arremesso – ‘strike’, o jogador não deve arremessar a segunda bola. No décimo frame existe a possibilidade de três arremessos. Se nos dois primeiros arremessos foram derrubados os 10 pinos ‘spare’, ou se foi(foram) feito(s) 1 ou 2 ‘strikes’ haverá o terceiro arremesso. Quando um atleta consegue dois strikes seguidos, ele faz um ‘lique’ ou ‘duque’. O número máximo de pontos numa partida é 300, conseguidos com doze strikes. Conforme à criatividade, pode-se também, praticá-la em termos informais, como colocar alguns pinos em algum espaço desejado.

Boomerang

BoomerangÉ um objeto de arremesso com origem em várias partes do mundo. Como desporto, o seu número de adeptos vem crescendo em todo o mundo. Cons- tantemente confundidos com os Kylies (armas de arremesso), os bumerangues foram criados para voltar à mão do arremessador quando não atingir um alvo. As seguintes modalidades são: Precisão, Pegada rápida (Fast Catch), Pegadas acrobáticas (Trick Catch & Doubling), Máximo tempo no ar (MTA), ‘Australian round’ (Aussie round).

Broomball

BroomballO objetivo do jogo é marcar gols na meta do adversário, como no futebol. Cada jogador utiliza um taco chamado de vassouras devido o seu formato. Os gols são marcados ao fazer a bola passar pela baliza do adversário utilizando apenas as vassouras para bater na bola. A bola tem 20 cm de circunferência e é feita de plástico. Os jogadores devem utilizar diversos equipamentos de proteção, sobretudo para cabeça, joelhos, cotovelos e partes íntimas. Para jogar é preciso: Vassouras para cada jogador, Bola, Traves de gol.

Cabo de guerra

Cabo_de_guerraÉ uma atividade esportiva na qual duas equipes competem entre si em um teste de força, puxando uma corda. Cada equipe compõe-se de oito participantes, cujo peso total definirá a classe em que competirão. Os atletas competem separados por sexo ou misto (quatro homens e quatro mulheres). As competições podem ser realizadas em campo (outdoor) ou ginásios (indoor). Os competidores são alinhados ao longo do cabo (de aproximadamente 10 cm de circunferência). Ao centro, entre os dois grupos, há uma linha central. O cabo é marcado em seu ponto central e em dois outros pontos distantes quatro metros de seu centro. Os dois times iniciam a competição com a marca central do cabo, um de cada lado da linha central. Iniciada a disputa, cada equipe tem que por objetivo, puxar o grupo rival de modo a fazê-lo cruzar a linha central com sua marca de quatro metros do cabo. Outra maneira de vencer a disputa é forçando o adversário a cometer uma falta, como acontece quando um adversário escorrega e cai no chão.

Caça submarina

Caca submarinaPesca subaquática ou submarina. É uma atividade que consiste na caça de espécimes aquáticos, geralmente peixes, utilizando técnicas de mergulho. Podendo ser praticada como esporte de aventura, utilizando-se técnicas de mergulho livre, ou seja, em apneia ou como caça predatória ou industrial, utilizando-se o mergulho autônomo, este é ilegal em muitos países, tal como Austrália. São os seguintes equipamentos: Nadadeiras, Bóia de si- nalização, Máscara, Faca, Roupa isotérmica, Respirador, Cinto de lastro, Armas e arpões, Armas pneumáticas, Arbaletes e Molinete.

Cama Elástica Olímpica

CamaElasticaTambém conhecido por Trampolim acrobático ou Ginástica de trampolim.

É uma disciplina da ginástica, na qual o atleta executa saltos acrobáticos em um trampolim.

O Trampolim tem um suporte elástico recoberto por uma rede, com seis milímetros de espessura.

Campeonato mundial de rally (WRC)

Campeonato_mundial_de_rally_WRCÉ uma série de rali organizada pela FIA disputado nos quatro cantos do planeta, em diversos tipos de terreno (asfalto, terra, neve, lama) e nos mais di- versos cenários (desertos escaldantes, planícies geladas, montanhas escarpadas). Culminando em um campeão de piloto e fabricante vencedor. A pontuação de pilotos e construtores são separados mas baseados no mesmo sistema de pontos. Existem 3 categorias de suporte: o Junior World Rally Championship (JWRC, anteriormente a Academia WRC), o World Rally Championship 2 (WRC-2, ex-Super 2000 World Rally Championship), e o World Rally Championship 3 – WRC-3.

Campeonato mundial de turismo

Campeonato_mundial_de_turismoConhecida principalmente pela sigla em inglês WTCC de World Touring Car Championship é um campeonato internacional de carros de turismo organizado pela FIA. Em 2001, o ETCC voltou com o apoio da FIA. E, a pedido dos fabricantes, foi alterado para o atual WTCC com o início da temporada 2005, atualmente é considerado o terceiro maior campeonato organizado pela FIA, após a Fórmula 1 e o Campeonato Mundial de Rali. Disputado em grandes circuitos, a série tem participações de fabricantes de automóveis como a BMW, Chevrolet, SEAT e Lada. Além disso, muitas tecnologias disponíveis em automóveis são proibidas, incluindo o freio ABS e o controle de tração.

Canoagem

CanoagemÉ um esporte náutico, praticado com canoa ou caiaque.

Existem várias modalidades das quais se destacam o Freestyle, Canoagem Oceânica, Caiaque-Pólo, Maratonas, Canoagem Velocidade, Canoagem Slalom e por fim a Canoagem Velocidade.

Pode ser praticado em rios, mares ou lagoas.


Ciclismo

CiclismoEm termos de saúde, o ciclismo é uma atividade rítmica e cíclica, ideal para desenvolvimento dos sistemas de energia aeróbico e anaeróbico, de- pendendo do tipo de treinamento aplicado. De- senvolve o sistema cardiovascular dos praticantes, sendo ainda indicado por médicos especialistas como ótimo exercício para queima de gordura corporal e desenvolvimento de resistência de força muscular de pernas, em treinamentos. O mundo moderno inventou também o ciclismo estático, ou seja, a prática do ciclismo em bicicletas ergométricas e em locais fechados, casa, academia, clube, etc, um exercício aeróbico alternativo e seguro ideal para indivíduos que desejam maior segurança, sustentação e facilidade de manejo do que o ciclismo de estrada ou de pista. O ciclismo estático é indicado para pessoas que apresentam determinados tipos de lesões de joelhos, quadris, coluna e que não podem caminhar; grávidas, idosos com osteoporose e principalmente obesos.

Corfebol

CorfebolAs equipes são constituídas por 8 elementos: 4 homens (2 à defesa e 2 ao ataque) e 4 mulheres (2 à defesa e 2 ao ataque). Desde sua criação, na Holanda, essa modalidade sofreu várias mudanças de regras, entre elas as vigentes são: Os jogos duram 60 minutos, divididos em duas partes, cada uma de 30 minutos; Os jogos têm apenas 1 árbitro; O campo é retangular e mede 40 m de com- primento e 20 m de largura; O início e o reinício do jogo são feitos no meio-campo; Cada cesta vale um ponto; É proibido tocar na bola com a perna, com o pé, com o joelho ou com o punho; bater ou tirar a bola das mãos do adversário ou de um companheiro; correr, andar com a bola ou driblar a mesma; lançar de uma posição defendida, entre o atacante e o cesto, de frente para o atacante com o braço levantado à distância de um braço. É jogado na Holanda, Brasil, Portugal e outros.

Críquete

CriquetePor muitos um esporte parecido com o basebol. Ele foi inspirado num rudimentar jogo rural medieval chamado stoolball. Jogam onze de cada lado, num campo sem dimensões fixas, mas sempre muito amplo. Os movimentos principais passam-se numa faixa retangular de 20,1 m de comprimento, no centro do campo, onde a bola de cortiça e couro chega a voar 150 km/h. Ela é lançada pelo ar- remessador contra o alvo do adversário (três varetas fincadas no solo, chamadas stumps, cujo conjunto é conhecido como wicket), defendido pelo rebatedor. O críquete é um esporte que possui 2 objetivos básicos: A defesa busca eliminar os 10 wickets adversários. O ataque busca conseguir o maior número de corridas. Caso o time ‘perca’ todos os seus 10 wickets (all out), a entrada se encerra e as posições de atacante e defensor são invertidas entre os times, de modo que o time que até então defendia terá a chance de atacar para marcar corridas. Caso seja a última entrada o jogo acaba automaticamente. Ao término das entradas, existem partidas de uma e de duas entradas para cada time, neste último caso, as entradas são alternadas, a equipe que possuir mais corridas vence o jogo. E disputada em dois tempos, em uma tarde ou noite.

Curling

CurlingÉ um esporte olímpico coletivo praticado em uma pista de gelo cujo objetivo é lançar pedras de granito o mais próximo possível de um alvo, utilizando para isso a ajuda de varredores. O nome do esporte origina-se do verbo em inglês ‘to curl’, que significa ‘girar’, e se deve ao fato de as pedras serem levemente giradas no ato do lançamento, descrevendo uma parábola em sua trajetória. As equipes são compostas por quatro jogadores, sendo cada um responsável por lançar duas pedras em cada end, como é chamada cada subdivisão de uma partida. Após o lançamento, os outros jogadores podem varrer o gelo com o objetivo de diminuir o atrito entre a pedra e pista, fazendo-a parar mais longe. Os jogos são disputados, de modo geral, em dez ends, podendo terminar antes se uma das equipes desistir ou for matematicamente eliminada. A pontuação só é determinada ao final do end, e apenas uma equipe pode pontuar em cada etapa. A equipe faz um ponto para cada pedra localizada mais próxima ao centro do alvo que qualquer uma das pedras adversárias. O curling possui duas variantes. Na disputa de duplas mistas, a principal mudança é a presença de duas pedras posicionadas antes do início do end.

Dança

DancaSe caracteriza pelo uso do corpo seguindo movimentos previamente estabelecidos (coreo- grafia) ou improvisados (dança livre). Na maior parte dos casos, a dança, com passos cadenciados é acompanhada ao som e compasso de música e envolve a expressão de sentimentos potenciados por ela. A dança pode existir como manifestação artística ou como forma de divertimento ou ce- rimônia. Como arte, a dança se expressa através dos signos de movimento, com ou sem ligação musical, para um determinado público, que ao longo do tempo foi se desvinculando das particularidades do teatro. Atualmente, a dança se manifesta nas ruas em eventos como ‘Dança em Trânsito’, sob a forma de vídeo, no chamado ‘vídeo-dança’, e em qualquer outro ambiente em que for contextualizado o propósito artístico. A dança contemporânea como nova manifestação artística, sofrendo influências tanto de todos os movimentos passados, como das novas possibilidades tecnológicas (vídeo, instalações). Na disciplina Arte a dança é trabalhada como atividade e linguagem artística, forma de expressão, socialização, como conceito e linguagem estética de arte corporal. Como atividade de arte cênica e para apresentações. Já na educação física o propósito da dança é diferente podendo até se inserir como cultura corporal de movimento humano. Mas a abordagem da dança dentro do contexto da Educação Física é diferente da abordagem da dança no contexto da Arte. No âmbito de formação acadêmico-profissional, existem graduações e pós graduações específicas na área de dança. Os bacharelados em Dança que qualificam profissionais de dança, seja o artista bailarino, dançarino ou coreógrafo e ainda as licenciaturas em Dança que forma os professores de dança. Estes cursos são vinculados à área de conhecimento das Artes.

Dodgeball

DodgeballOu Queimada / Jogo. Ao ser dado o sinal de início, um jogador do partido a quem coube a bola, tente entregar a bola ao seu time que tem o objetivo de atirá-la ao campo contrário com o propósito de atingir (queimar) algum adversário com a bola. Se o conseguir sem que a bola seja agarrada antes de tocar no chão pelo jogador tocado ou por um companheiro do time dele, o jogador atingido é considerado prisioneiro e deve sair do seu campo, colocando-se no ‘cemitério’, espaço posterior à linha de fundo. Feito o primeiro prisioneiro, o reserva volta ao seu campo para que tenha oportunidade de jogar também nesta posição. Atenção: quando o prisioneiro fica pela primeira vez com a bola, não pode ‘queimar’ nenhum componente do time adversário. A bola que, depois de haver tocado em um jogador, rola ou salta pelo terreno, pode ser recolhida por qualquer jogador, para ser arremessada novamente contra o grupo adversário. A bola pode, também ser recolhida por um adversário prisioneiro, a quem, neste caso, se permite apanhá-la e atirá-la a um companheiro seu ou queimar o adversário. O mais recomendável é agarrar a bola quando arremessada, o jogador só é carimbado se a bola bater nele e cair no chão, do contrário, se o jogador for carimbado, a bola continuar no ar, e ele a agarrar, não será carimbado. Neste jogo, como se vê, a rapidez de ação e a cooperação entre os jogadores têm enorme im- portância. Além de ser um jogo que exige força, habilidade e rapidez. O jogo é bastante praticado em escolas para incentivar crianças e adolescentes a se interessar pelo esporte. É simples de jogar, basta seguir as regras e habilidades para não deixar que a bola bata no chão, sempre segure-a ou se não desvie e deixe outro jogador pegar.

Escalada

EscaladaÉ uma técnica desportiva cujo fim é atingir o cume de uma parede rochosa, de um bloco ou de um muro de escalada. O terreno vai de alguns metros para o bloco ou o muro de escalada, até a centenas de metros para as paredes rochosas. Esta técnica também pode ser utilizada no alpinismo segundo as dificuldades encontradas no terreno. Na montanha a mudança rápida das condições climatéricas e- xigem roupa adequada para qualquer tipo de situação, e além do equipamento de segurança e auxiliar próprio a cada atividade, deve-se partir com um bom mapa da região, uma bússola para a orientação, e de um transferidor para medidas e marcação de ângulos e direções, pois o nevoeiro ou uma nuvem no cimo de uma montanha podem tapar por completo a visibilidade. Tipos de escalada: Escalada livre, Escalada artificial, Muros de escalada, Boulder, Escalada desportiva, Escalada móvel e Solo.

Esqui

EsquiÉ o nome que se dá a cada uma das pranchas ou patins, originalmente em madeira, mas hoje em dia em material sintético, usados para facilitar o deslizamento sobre a neve. Esqui, é também o nome de um conjunto de desportos de inverno que têm em comum o uso de esquis como instrumento para percorrer distâncias em mantos nevosos. Na classificação clássica, divide-se em três moda- lidades desportivas de esqui: esqui alpino; esqui de fundo (esqui nórdico ou esqui cross-country); esqui alpinismo. Nas competições, o esqui alpino apresenta-se nas especialidades de downhill, slalom, slalom gigante, SuperGigante, Combinado nórdico e Super Combinado.

Esqui aquático

Esqui_aquaticoPara praticar o Esqui Aquático são necessárias no mínimo duas pessoas. Uma conduz a lancha enquanto a outra é puxada por uma corda cujo tamanho-padrão é de 18,25 metros.

A pessoa precisa manter o corpo em equilíbrio na água a uma velocidade de 80 km/h.

São as modalidades: Slalom; Rampa; Truques.

Flag football

Flag_footballÉ uma versão do futebol americano. As regras básicas do Flag são similares as do jogo pro- fissional, mas em vez de derrubar o jogador com a bola ao chão, o defensor deve retirar uma fita (Flag) para parar um down. Na maioria das jogadas, os jogadores usam um cinto, onde as duas flags estão presas por um velcro. O Flag foi desenvolvido para minimizar lesões que o Football (Tackle) poderia trazer, bem como baratear a prática do esporte, já que os equipamentos acabam sendo caros. Ao longo dos anos, o contato entre os linhas e Defensive Backs e Wide Receivers foi liberado. O jogo é disputado com 5 jogadores simultâneos em cada time, o campo tem 50 jardas de comprimento (10 jardas cada endzone) por 25 jardas de largura, o campo não possui goal posts, os pontos só são marcados por touchdown, por esse motivo cada touchdown vale 1 ponto. O tempo de jogo é de 40 minutos divididos em dois tempos de 20 minutos cada, o play clock é de 25 segundos.

Floorball

FloorballÉ um desporto em que se enfrentam duas equipes de seis jogadores – cinco jogadores de campo e um guarda-redes (goleiro). Os jogadores usam sticks de plástico para movimentar uma bola de plástico com 72 mm de diâmetro. O objectivo do jogo é fazer com que a bola passe por dentro da baliza do adversário. Um golo (gol) equivale a um ponto. A equipe com o maior número de pontos no final vence a partida. O floorball é um desporto rápido e fácil, praticado por muitas pessoas dos dois sexos e de variadas idades.

Fórmula 1

Formula_1É a mais popular modalidade de automobilismo do mundo. É a categoria mais avançada do esporte a motor e é regulamentada pela Fédération In- ternationale de l’Automobile (FIA), com sede em Paris.

Ao contrário do que muitos acreditam, o registro oficial da categoria consta como Fórmula Um (Campeonato Mundial de Fórmula Um), com o númeral escrito por extenso.


Frescobol

FrescobolÉ um esporte tipicamente praiano, criado no Rio de Janeiro no século 20. É jogado por dois jogadores ou mais. É também comum sua prática em locais públicos. Muitas vezes confundido com o tênis de praia (ou beach tennis), o Frescobol se distingue basicamente pelo seu estilo cooperativo, em o- posição ao estilo competitivo do tênis de praia – este se assemelha mais ao Tênis e que, inclusive, possui área precisamente delimitada e uma rede de separação. Estilos – Livre, Veloz, Radical, Especialista; Categorias – Infanto-Juvenil, A-dulto, Aberta; Modalidades – Individual, Duplas, Trincas; Equipamentos – Raquete: Fa- bricada com os seguintes materiais: madeira, fibra de vidro ou similar. A raquete pode ser oca ou maciça, – Bola: Uma esfera oca de borracha pressurizada, com peso em torno de 40g e diâmetro de 5,70 cm, Trajes – Quando o evento ocorre em praia e proximidades, os jogadores podem apresentar-se de sunga, maiô ou biquíni. Em praças e locais distantes da praia, deve-se utilizar shorts e camisetas. Na areia, a melhor opção é jogar de pés descalços, É obrigatório o uso de camisetas em partidas oficiais.

Futebol

FutebolDo inglês association football ou simplesmente football é um desporto de equipe (masculino e feminino) jogado entre dois times de 11 jogadores cada um e um árbitro que se ocupa da correta aplicação das normas. É considerado o desporto mais popular do mundo, pois cerca de 270 milhões de pessoas participam das suas várias competições. É jogado num campo retangular gramado ou grama sintética, com uma baliza em cada lado do campo. O objetivo do jogo é deslocar uma bola através do campo para colocá-la dentro da baliza adversária, ação que se denomina golo (português europeu) ou gol (português brasileiro). A equipe que marca mais gols ao término da partida é a vencedora. Segundo a regra 2 da FIFA, a bola deve ter entre 68 e 70 cm de perí­metro e ter entre 410 e 450 gramas de peso, antes do iní­cio da partida. A pressão indicada deve ter entre 0,6 e 1,1 atmosferas (600 a 1100 g/cm2).

Futebol americano

Futebol_americanoConhecido nos Estados Unidos simplesmente como football (‘futebol’, em português). Consiste de uma série de jogadas de curta duração entre as quais a bola não está em jogo. São permitidas substituições entre as jogadas, o que abre as portas a bastante especialização, uma vez que os treinadores põem em campo os jogadores que pensam servir melhor para a situação específica seguinte. Com 22 jo- gadores dentro de campo ao mesmo tempo (11 por equipe), cada um com uma tarefa atribuída para a jogada seguinte, as estratégias são complexas. O objetivo do jogo é somar mais pontos. A principal jogada é entrar na área ao fundo do campo adversário (endzone) com a posse da bola (touchdown), ganhando 6 pontos e direito a pontapé livre a gol por mais 1 ponto extra, ou mesmo 2 pontos extras, se os jogadores tentarem, ao invés de um pontapé livre ao gol, um passe ou uma corrida. Ou ainda em uma situação onde um jogador com posse de bola é derrubado por um adversário em sua própria (endzone). Usa-se um safety punt para reiniciar o jogo depois de um safety, mas isso não acontece com frequência.

Futebol australiano

Futebol_australianoO jogo é praticado em um campo oval de com- primento entre 135 m e 185 m de comprimento, por entre 110 m e 15 5m de largura (o mesmo tamanho e formas usados no cricket), com uma linha curva de 50 m de raio em relação ao gol. O futebol australiano, assim como o rugby e o futebol a- mericano, é um esporte de contato. O jogo é disputado por 2 equipes de 18 jogadores em quatro tempos de 20 minutos cronometrados começando quando o juiz (chamado de umpire) no centro do campo bate a bola com força ao chão, fazendo-a levantar podendo ser pega por qualquer uma das duas equipes (algo similar ao basquete). O jogo é praticado segurando-se a bola com a mão e batendo-a no chão a cada 15 metros.

Futebol de areia (ou de praia)

Futebol_de_areiaO esporte organizado pratica-se num campo com no mínimo 40 cm de profundidade, e entre 35 e 37 m de comprimento por entre 26 e 28 m de largura. Os gols tem 2,20 m de altura por 5,5 m de extensão. Apesar de ter uma circunferência idêntica a uma bola de futebol normal (entre 68 e 70 cm), uma bola de futebol de praia é consideravelmente mais leve. Pesando de 400 a 440 gramas, é inflada no começo do jogo com uma pressão entre 0.375 e 0.8 bars Uma partida de futebol de areia é jogada entre dois times de quatro jogadores de linha, e um goleiro. Cinco jogadores adicionais são permitidos no banco de reservas. Aos jogadores de futebol de praia não é permitido jogar com qualquer tipo de calçado. Eles devem estar descalços. O goleiro pode agarrar a bola dentro de sua área e tem permissão de usar luvas e traje adequado. Cada partida tem dois juízes, ambos com igual autoridade para aplicar as leis do jogo. Partidas são jogadas em três períodos iguais de 12 minutos de bola rolando. O tempo é parado quando um gol é marcado, quando o juiz apita uma falta ou tiro livre direto, ou quando um time tenta fazer cera (do ponto de vista dos juízes). Há um intervalo de 3 minutos entre cada período. No caso de um empate, prorrogação de três minutos deve ser disputada, seguida de uma disputa por penaltyes, caso necessário. A bola deve ser colocada de volta em jogo seja por arremesso ou por chute a um companheiro de time. Goleiros podem apenas recomeçar o jogo com as mãos. Atualmente, o Futebol de Areia continua crescendo, continuando a surgir e desenvolver novas seleções e com- petições pelo mundo afora.

Futebol de salão – Futsal

Futebol_de_salaoÉ o futebol adaptado para prática em uma quadra esportiva, feita em cimento ou madeira, por times de apenas 5 jogadores para cada lado. As equipes, tal como no futebol, têm como objetivo colocar a bola na meta adversária, definida por dois postes verticais limitados pela altura por uma trave horizontal. Quando tal objetivo é alcançado, diz-se que um gol foi marcado, e um ponto é adicionado à equipe que o atingiu. O goleiro, último jogador responsável por evitar o gol, é o único autorizado a segurar a bola com as mãos. A partida é ganha pela equipe que marcar o maior número de gols em 40 minutos divididos em dois tempos.

Futebol gaélico

Futebol_gaelicoÉ jogado por times de 15 jogadores em gramado retangular com traves em forma de H, localizadas no fim do campo. O objetivo principal é marcar gols, conduzindo a bola com chutes e socos. O time com maior pontuação no fim da partida ganha. Jogadores podem avançar no campo com uma combinação de carregar a bola, ‘soloiar’ (fazer uma embaixada e pegar a bola novamente), chutando, e passando a bola com os pés ou mãos para os companheiros de time. É jogado em gramado retangular medindo 130 metros de comprimento e 90 de largura. Os traves tem forma de H com uma rede na seção inferior. As linhas são marcadas em distâncias de 13 m, de 20 m e de 4 5m de cada ‘extremidade-linha’. Os jogos duram 60 minutos, divididos em dois tempos de 30 minutos, com a exceção de alguns jogos que podem durar 70 minutos. Empates são decididos em prorrogações de 20 minutos.

Futevôlei

FutevoleiTambém é considerado um excelente esporte. É praticado numa quadra de voleibol, bem parecida com a de vôlei de praia, com as medidas de 9 m de largura por 18 m de comprimento e dividida ao meio por uma rede com 2,20 m de altura. Joga-se em sistemas de duplas (2 x 2), trios (3 x 3) ou quartetos (4 x 4) masculinos, femininos ou mistos. Deve-se tocar a bola com qualquer parte do corpo, exceto os braços, antebraços e as mãos como no futebol. Cada dupla pode dar até 3 toques na bola, sendo que um jogador não pode tocar duas vezes seguidas — tal como no vôlei ou no vôlei de praia. Também da mesma forma que o vôlei, o jogo é disputado em sets (de 18 pontos sem vantagem). Os pontos são marcados quando a bola cai na quadra adversária o udesviada para fora da quadra pelos jogadores adversários ou quando bate em algum jogador adversário antes de bater no chão.

Ginástica

GinasticaÉ um conceito que engloba modalidades com- petitivas e não competitivas e envolve a prática de uma série de movimentos exigentes de força, fle- xibilidade e coordenação motora para fins únicos de aperfeiçoamento físico e mental. O termo ginástica originou-se do grego gymnádzein, que tem por tradução aproximada ‘treinar’ e, em sentido literal, significa ‘exercitar-se nu’, a forma como os gregos praticavam os exercícios. Seu sentido advém da ideia primeira, que é a prática milenar de exercícios físicos metódicos, ao contrário da ginástica surgida como modalidade esportiva. a ginástica passou a ser dividida em cinco campos de atuação e desenvolvimento: condicionamento físico, de competições, fisio- terapêuticas, de demonstração e de conscientização corporal. A de condicionamento físico engloba todas as modalidades que possuem o objetivo final de adquirir e manter a condição física de um praticante ou de um atleta; as de competição, como o próprio nome define, onde reúne todas as modalidades competitivas, as ginásticas fisioterapêuticas abarcam todas aquelas práticas responsáveis pela utilização do exercício físico na prevenção ou tratamento de doenças e para reabilitação de acidentados; as de de- monstração têm como principal função a interação social e o compartilhamento do aprendizado e da evolução; as de conscientização corporal focam-se em reunir novas propostas de abordagem do corpo na busca da solução de problemas físicos e posturais. ‘O exercício tanto torna o homem saudável como sábio e justo (…) quanto maior sua a- tividade física, maior sua aprendizagem’.

Ginástica acrobática

Ginastica_acrobaticaEsta disciplina requer por parte do ginasta coragem, força, coordenação, flexibilidade e E- quilíbrio, além das exigências técnicas de salto. Suas rotinas são executadas com acompanhamento musical e requerem expressão e movimentos do corpo perfeitamente sincronizados com a música. O que se pode identificar em uma apresentação de ginástica acrobática são figuras, lançamentos e diagonais. Figuras: Movimentos em que um ginasta sustenta o outro formando figuras. Eles tem que permanecer em uma posição fixa por cerca de 4 segundos, ou noutro dos casos, exercícios dinâmicos. Lançamentos: Um dos ginastas (o volante) é lançado para o alto por outro, um, dois (ou três) ginastas (o base, ou em caso de trio também existirá a intermédia). As séries (rotinas) são executadas num tablado de 12×12 metros, semelhante ao de modalidade artística. Os acrobatas em grupo devem executar quatro séries: uma de Equilíbrio, uma Dinâmica, uma Combinada e uma de Agilidade. As séries dinâmicas são mais ativas e com elementos de lançamentos com vôos dos ginastas. As séries de equilíbrio valorizam os exercícios estáticos e de força. Para os níveis de elite, a terceira série é uma combinação das duas anteriores. Todas são executadas coreografadas de acordo com a música, que dão dinâmica.

Ginástica aeróbica

Ginastica_aerobicaEm sentido amplo, é uma combinação de ginástica clássica com dança. Esta modalidade não pertence ao calendário olímpico. Requer do ginasta um elevado nível de força, agilidade, flexibilidade e coordenação. Em sentido estrito, chama-se gi- nástica aeróbica as atividades físicas caracterizadas por movimentos rítmicos e intensos com elevado gasto calórico e de impacto sobre as articulações, movimentos estes causadores de esforço físico que pode ser suprido pela oxigenação normal da respiração, quase sempre acompanhados de música, e que produzem um aumento metabólico e uso de substratos benéficos ao organismo. Geralmente são exercícios em que não há uma exaustão por acúmulo excessivo de ácido láctico, onde o consumo de oxigênio pelo músculo é proporcional, e que por conseguinte o ganho anabólico é menor quando comparado com os exercícios anaeróbios. Os exercícios aeróbicos usam grandes grupos musculares rítmica e continuamente, elevando os batimentos cardíacos e a respiração durante algum tempo. Dentre algumas das atividades aeróbicas mais comuns estão: andar, correr, pedalar e remar. Aeróbica por definição, significa com ar ou oxigênio. É uma ginástica composta por exercícios que estimulam a melhora do desempenho cardiovascular através da utilização do uso do oxigênio pelo corpo do indivíduo e permitindo que o coração trabalhe com mais força e com maior frequência. Como tem um ritmo constante e de longo período, que caracteriza atividades aeróbicas, é considerado um exercício aeróbico. A ginástica aeróbica de competição caracteriza-se por ser uma atividade intensa, alegre, com movimentos e expressões corporais diversificados e bem marcados, com um acompanhamento rítmico e musical. Os atletas precisam demonstrar muito dinamismo, força, flexibilidade, coor- denação e ritmo sincronizados com o acompanhamento musical.

Ginástica artística

Ginastica_artisticaAs apresentações da ginástica artística são in- dividuais – ainda que nas disputas por equipes, possuem o tempo aproximado de trinta a noventa segundos de duração, são realizadas em diferentes aparelhos, sob um conjunto de exercícios e se- paradas em competições femininas e masculinas. Os ginastas devem ser sempre elegantes e de- monstrarem força, agilidade, flexibilidade, co- ordenação, equilíbrio e controle do corpo. São abundantes os movimentos que podem ser: Abertura, Avião, Carpada, Diamidov, Dos Santos, Empunhaduras, Estendida, Flic-Flac, Giro de quadris para trás, Giro gigante, Grupada, Parada de mãos, Parafuso, Roda, Rondada, Rudi, Salto pak, Selada, Stützkehre, Tkachev, Tsukahara. Os aparelhos e seus participantes são: Cavalo com alças (masculino), Argolas (masculino), Barras paralelas (masculino), Barra fixa (masculino), Barras assimétricas (feminino), Trave olímpica (feminino), Solo (feminino e masculino) e Salto (feminino e masculino).

Ginástica rítmica

Ginastica_ritmicaDesenvolve harmonia, graça e beleza em movimentos criativos, traduzidos em expressões pessoais através da combinação musical e técnica, que transmite, acima de tudo satisfação estética aos que a assistem. Surgida através dos estudos de Russeau, assim como as demais modalidades, transformou-se durante o passar dos anos, sempre ligada à dança e à musicalidade, até chegar à União Soviética, onde desenvolve-se como prática es- portiva e à Alemanha, onde ganhou os aparelhos conhecidos hoje. Os chamados elementos corporais são a base dos exercícios individuais e de conjuntos, que podem ser realizados em várias direções, planos, com ou sem deslocamento, em apoio sobre um ou dois pés e coordenados com movimentos de todo o corpo. Andar, correr, saltar, saltitar, balançar, circundar, girar, equilibrar, ondular, lançar e recuperar são elementos corporais obrigatórios e acompanhados por estímulo musical. A ginasta precisa ter graça, leveza, beleza e técnicas precisas em seus movimentos para demonstrar harmonia e entrosamento com a música e suas companheiras, em um ambiente de expressão corporal con- tex- tualizada inclusive pelos sentimentos transmitidos através do corpo. Entre os principais elementos corporais realizados nesta modalidade estão: equilíbrio, onda, moinho, pivot e véu. Os homens competem em grupos de seis atletas sem aparelhos e em uma a- presentação que se assemelha ao aparelho solo da ginástica artística masculina. Para o feminino são os seguintes aparatos: Cordas, Arcos, Bolas, Maçãs e Fitas.

Golfe

GolfeÉ jogado em campos de relva ou em parques apropriados, com um ou mais percursos deli- mitados. O objetivo do jogo consiste em sair de um local determinado, em campo aberto, e embocar a bola no menor número de tacadas possível, em buracos estrategicamente colocados em distâncias variadas. O jogo normalmente é disputado em per- curso de 18 buracos e numa competição, quem totalizar o menor número de tacadas é o vencedor. Para dificultar a tarefa, o trajeto; pelo menos em quatro quilômetros por jogo; até o buraco – pode incluir pequenos lagos, poços de areia, árvores e locais com relva mais alta. Tem como particularidade a ausência de um ‘adversário’ propriamente dito, o único adversário do golfista é o próprio campo, uma vez que não há nada que ele possa fazer no sentido de dificultar o desempenho de outros jogadores. Uma partida costuma durar em média quatro horas. Quando a bola durante o jogo cair em locais adversos para a jogada, por exemplo, dentro de um lago perto do campo, o jogador poderá tirá-la e colocá-la o mais próximo do local onde a bola caiu. Por isso, receberá a penalidade de uma tacada extra. Caso o obstáculo seja uma banca de areia, não há nenhuma penalidade, o jogador tem de jogar dentro desse obstáculo. Em competições oficiais, é proibido um golfista falar com outros jogadores acerca do jogo. Já em jogos entre amigos, é normal o golfista mais experiente dar ‘dicas’ aos menos experientes. Os equipamentos são: Taco de madeira e ferros, Putter, Sacos e Bolas.

Halterofilismo

HalterofilismoOu a halterofilia, levantamento de peso(s), ou ainda, levantamento de peso olímpico (LPO), é um desporto cujo objetivo é levantar a maior quantidade de peso possível, do chão até sobre a cabeça, em uma barra em que são fixados pesos. Compete-se em duas modalidades: o arranco e o arremesso. Seu objetivo é desenvolver a potência (força rápida, explosiva) e também exige técnica, flexibilidade, coordenação e equilíbrio.


Handebol

HandebolEm inglês: Hand e Ball – em Português: mão e bola. Basicamente é jogado com as mãos; mas é per- mitido lançar, parar e pegar a bola, não importa de que maneira, com a ajuda das mãos, braços, cabeça, tronco, coxa e joelhos (menos os pés). Segurar a bola durante o máximo de 3 segundos mesmo se ela está no chão. Fazer o máximo de 3 passos com a bola na mão. Conduzir ou manejar a bola com os pés não é permitido e nem chutar,quando ele não está a driblar pode dar 2 passos, ou seja 3 apoios com a bola na mão, após isso tem de realizar uma acção pessoal, seja passar a bola, rematar ou driblar (caso não o tenha feito previamente e parado), quando está a driblar não tem limite, se quiser pode ir de uma ponta a outra do recinto, desde que não pise as áreas de 6 metros, claro, e não apenas dar 3 passos enquanto dribla. A bola terá que ser de couro ou de outro material sintético. Usa-se também bola de borracha com área pesada para efetuar-se os treinos de lançamento e para ganhar força nos músculos, e ter um melhor manuseio. No Handebol, ao contrário do futebol, um jogador destro prefere jogar pela esquerda, e um jogador canhoto prefere atuar pela direita. Esta preferência deve-se ao fato do braço de arremesso ficar no lado de dentro da baliza, e por isso com maior ângulo para o remate à baliza. Os atletas utilizam uma cola especial (resina usada a partir do escalão de Juvenis) nas mãos para ter um contato mais firme com a bola. É por isso que as bolas de Handebol parecem sempre sujas.

Handebol de praia

Handebol_de_praiaAs regras do Handebol de praia são em grande parte semelhantes às do handebol praticado em pavilhões. O jogo é dividido em duas partes de 10 minutos cada uma, havendo um intervalo de 5 minutos entre estas. Apesar de se considerar um jogo a junção das duas partes, o resultado é con- tabilizado individualmente, isto é, no final da primeira parte, ao vencedor é atribuído um ponto. Caso haja uma equipe que consiga os dois pontos, é declarada vencedora, caso contrário, a decisão é tomada com base nos livres de 6 m. O guarda-redes (goleiro) pode jogar como jogador de campo, estando sujeito às mesmas regras que qualquer outro jogador. Dentro da sua área pode jogar com qualquer parte do corpo, fora, tal como os restantes jogadores, só dos joelhos para cima. O Gol marcado pelo guarda-redes (goleiro) vale dois pontos.

Hipismo

HipismoÉ a arte de montar a cavalo que compreende todas as práticas desportivas que envolvam este animal. As provas são: Atrelagem, dressage (Adestra- mento), Corridas, Saltos, Concurso Completo de Equitação; Paraolímpicas, Não-olímpicas – Enduro, Rédeas; Pólo, Volteio e etc.

Apesar de existir desde a antiguidade, suas regras e competições modernas surgiram no ano de 1883, nos Estados Unidos.

Hóquei em campo ou sobe a grama

Hoquei_em_campoÉ um desporto praticado por duas equipes de 11 jogadores cada.

O jogo divide-se em duas parte de 35 minutos, com 10 minutos de intervalo e disputa-se numa quadra com uma baliza em cada topo. O objetivo do jogo é tentar marcar o maior número de golos (gols) possíveis, conduzindo a bola por intermédio de um stick.



Hóquei em linha

Hoquei_em_linhaÉ jogado em quadras de cimento ou madeira. Os jogadores usam patins em linha (in-line) e podem alcançar velocidades significativas. Um gol é obtido quando o ‘puck’ entra dentro das balizas situadas nas extremidades da quadra. Os jogadores podem controlar o ‘puck’ usando o ‘stick’ e também podem voltar a bater o ‘puck’ com o patim (mas não fazer gol com o patim) ou jogar o ‘puck’ com a mão (só é permitido usar a mão para cortar passes aéreos) e sem criar uma oportunidade clara de gol. O hóquei em linha se difere do hóquei no gelo por vários motivos: É geralmente jogado como um desporto sem contato (é permitido, mas só com o jogador que controla o ‘puck’, e é jogado num espírito diferente e pequeno do que no hóquei no gelo. Os jogadores tendem a ter mais tempo com o ‘puck’ e o jogo às vezes é mais livre e corrido. Não possui zona neutra. É geralmente jogado com 4 jogadores (em vez dos 5 no gelo) e um goleiro em campo. É jogado com um ‘puck’ de plástico (mais fino do que no hóquei no gelo) ou com uma bola. A bola pode ser oca ou ser enchida com um líquido. Não é jogado sobre o gelo.

Hóquei em patins

Hoquei_em_patinsÉ um desporto coletivo de interior, em que os atletas rolam sobre patins e usam um stick para conduzir uma bola que tentam introduzir na baliza adversária. O hóquei em patins tradicional é jogado por cinco jogadores, quatro em campo e um guarda-redes (goleiro). Neste desporto é utilizado o seguinte equipamento: Patins (compostos por quatro rodas cada patim, travão, chassi e bota), stick e bola. Como equipamento de protecção utiliza-se caneleiras, joelheiras, luvas, coquilha e no caso dos guarda-redes (goleiro), protecção de coxa e máscara para a cabeça. O jogo disputa-se num ringue de piso de cimento ou madeira.

Hóquei indoor

Hoquei_indoorO hóquei de sala (Portugal) ou hóquei indoor (Brasil) (Indoor Hockey, em inglês) é uma variante do hóquei em campo. O hóquei de sala difere do hóquei em campo por vários motivos: O pavilhão (indoor) é um pouco menor do que ao ar livre (outdoor). O campo é feito de madeira ou de resina sintética. – As balizas são semelhantes: 2 m de altura por 3m de largura e o mínimo de 1m de profundidade e são um pouco maiores que às usadas no Handebol. – A equipe é composta por 6 jogadores (5 jogadores e 1 Guarda Redes (goleiro)) em cada uma das equipes (total de 12 jogadores). – O jogo é composto por 2 tempos de 20 minutos (em alguns países como Portugal / Alemanha etc, o tempo a nível de competição interna é de 25 minutos cada parte). – Os jogadores não podem bater na bola (stickar), mas somente puxá-la, desviá-la, ou empurrá-la e também não pode levantar a bola exceto na área e com a hipótese de marcar um golo. – As bolas e os sticks são semelhantes, mas os jogadores preferem os sticks mais finos do que ao ar livre, já que este é um jogo que não é possível ‘stickar’ a bola (ato de levantar o stick acima da cintura e bater a bola). – Não existem reposições de linha lateral já que são usadas tabelas (15 cm), que fazem parte integrante do jogo. – Quando a bola sai pela linha de fundo, mesmo que defendida pelo Guarda Redes (goleiro), não é marcado canto a favor da equipa que ataca, mas sim bola de saída para a equipe que defende, já que o canto quando é marcado é idêntico ao canto curto da variante de hóquei de campo, ou seja, pune uma falta dentro da área ou então uma bola jogada de propósito para fora por um defesa.

Hóquei no gelo

Hoquei_no_geloÉ um esporte olímpico jogado entre duas equipes de seis jogadores, onde todos os jogadores e juízes calçam patins sobre o gelo. Os jogadores patinam no gelo e usam tacos (sticks) para movimentar um disco de ferro (puck). O objetivo do jogo é fazer com que o disco seja colocado na baliza do adversário. Um gol equivale a um ponto. A equipe com o maior número de pontos no final vence a partida. O hóquei no gelo é um dos jogos mais rápidos do mundo, tanto pelo movimento constante e rápido dos jogadores quanto pelas tacadas disparadas pelos jogadores, que podem alcançar uma velocidade de mais de 160 Km/h. O hóquei no gelo é um dos poucos desportos que permitem a troca de jogadores (i- limitadamente) enquanto o jogo ainda está em progresso. É também um desporto muito violento e agressivo, embora pesados equipamentos de protecção sejam utilizados, diminuindo o número de lesões. brigas entre jogadores, embora contra as regras, são muito comuns nas partidas de hóquei. O Hóquei no gelo tem predominância masculina, mas também, é praticado por mulheres.

Hóquei subaquático

Hoquei_subaquaticoÉ um desporto jogado numa piscina de 25 m x 15 m e de 2 m a 3,65 m de profundidade, o jogo decorre no fundo da piscina, sem ajuda de garrafas de mergulho, é jogado em apneia, somente com uma máscara de mergulho, tubo, barbatanas, luva touca de pólo aquático e um taco que pode ser de madeira (stick), plástico ou outro material. As equipes são de 10 jogadores, 6 jogadores de campo e 4 no banco de substituições, o jogo tem como objetivo marcar golos (gols) com o disco de hóquei subaquático (puck) dentro de uma baliza em forma de calha com 3 m de comprimento.

Hurling

HurlingÉ um jogo nacional irlandês de origem celta, semelhante ao hóquei. Duas equipes, compostas por 15 elementos cada uma, tentam introduzir com a ajuda de uns bastões, uma bola (do tamanho a do tênis) na baliza contrária. As dimensões do campos são: 120 – 146 m de comprimento por 75-91 m de largura. A baliza tem forma de H, como a de rugby, mas na sua parte inferior, está equipada com uma rede. As medidas da baliza são: 6,40 m X 2,44 m; altura dos postes, 4,88 m. O jogo é contabilizado através de gols e pontos. O gol consegue-se quando a bola ultrapassa a linha sob a trave da baliza, valendo então três pontos. Se passa pela parte superior, entre os postes, vale um ponto.

Iatismo ou Vela

IatismoÉ o nome dado ao esporte que envolve barcos movidos exclusivamente por propulsão à vela, onde se emprega somente a força do vento como meio de deslocamento. Genericamente podemos dividir os barcos à vela em barcos monotipo e em barcos de oceâno ou cabinado, consoante a dimensão do barco e a possibilidade de residir a bordo. O nú- mero da tripulação (equipagem) varia segundo o tipo da embarcação e ou das regras da prova e assim distinguem-se três tipos. Só; Duo; Equipe (equipagem de três ou mais velejadores); Tipos de vela; Tipos de competição (Regata, Corrida); Tipos de casco; Mareações; Classes vela ligeira.

Jogo da malha

Jogo_da_malhaÉ um desporto onde se lançam discos de metal em direção a um pino com a intenção de derrubá-lo e ou deixar a malha o mais próximo possível deste pino. A jogada de uma cabeceira será considerada completa quando todos os jogadores tiverem e- fetuado seus arremessos de um dos lados do campo, porém a jogada será completa totalmente, quando todos jogadores de uma e de outra cabeceira ti- verem arremessado suas respectivas malhas num total de dezesseis malhas. O encerramento de uma partida se verificará quando na qual foi completada a última jogada, isto é; sexta jogada na modalidade individual e décima segunda jogada nas modalidades dupla e quarteto; declarando a equipe vencedora que mais pontou.

Kart

kartÉ uma variante de automobilismo sobre veículos simples, de quatro rodas, micromonopostos do- tados de motores de dois ou quatro tempos, refrigerados a água ou a ar. Têm chassis tubular e massa variando entre 70 e 150 quilos, dependendo do modelo. Existem campeonatos de modalidades profissionais em todo o mundo, entretanto o país de maior influência no kartismo e em outras áreas do automobilismo é a Itália. Mas muitas vezes são dirigidos por diversão, como um hobby, sem necessariamente ser profissional. Nor- malmente é reconhecido como a porta de entrada para outras formas de automobilismo, geralmente mais caros e mais complicados.

Kitesurf

KitesurfÉ um desporto aquático que utiliza uma pipa (também conhecida como papagaio) e uma prancha com uma estrutura de suporte para os pés. A pessoa, com a pipa presa à cintura, coloca-se em cima da prancha e, sobre a água, é impulsionada pelo vento que atinge pipa. Ao controlá-lo, através de uma barra, consegue-se escolher o trajeto e realizar saltos incríveis. Este esporte, relativamente recente, encontra-se de momento com grande popularidade e uma prática crescente no Brasil, em Portugal e no mundo. O equipamento que é usado para prender o surfista em sua cintura é chamado de ‘trapézio’, é como um cinturão que também é preso no ‘chicken loop’, o qual faz parte da barra que também é ligada ao kite por meio de suas linhas. O nome resulta da junção de duas palavras inglesas: ‘Kite’, que significa pipa (papagaio em Portugal) e ‘Surf’, do verbo inglês ‘to surf’, que significa ‘navegar’. Tipos de equipamento: – Kites Insufláveis; Kites tipo Foils; Kites tipo Arch (híbridos); Kites tipo Framed; – Tipos de Pranchas: Direcionais; Bidirecionais; Wakeboards.

Lacrosse

LacrosseÉ um esporte de equipe de origem nativa americana jogado com uma bola de borracha pequena e sólida e um bastão de cabo longo chamado de crosse ou taco de lacrosse, jogado principalmente na costa leste dos Estados Unidos e Canadá. A cabeça do taco de lacrosse é amarrada com malhas soltas, projetado para capturar e segurar a bola de la- crosse. Ofensivamente, o objetivo do jogo é marcar, atirando a bola na baliza do adversário, utilizando o bastão de lacrosse de capturar, transportar, e passar a bola para ‘fazer’. Defensivamente, o objetivo é manter a equipe adversária ‘longe’ de marcar e despojá-los da bola através do uso de verificação de pau e contato corporal ou posicionamento. O esporte tem quatro tipos principais: O Field lacrosse dos homens, O lacrosse das mulheres, Box lacrosse e intercrosse. Lacrosse (em especial o Box lacrosse) é o esporte nacional de verão no Canadá.

Lançamento de dardo

Lançamento_de_dardoO dardo é um objeto em forma de lança, feito de metal, fibra de vidro ou fibra de carbono. O tamanho e peso dos dardos variam do homem para a mulher. O homem usa um dardo de 2,7 metros de comprimento e pesando 800 gramas. A mulher usa um dardo um pouco mais leve, 600 gramas e mede 2,3 metros de comprimento. O atleta corre para tomar impulso e lança o dardo numa pista de lançamento com 34,9 metros de comprimento e 4 metros de largura. O lançador faz um giro rápido com o corpo e lança. O dardo costuma sair das mãos do atleta com uma velocidade de 100 km/h. Após o vôo, o dardo aterra numa zona relvada que costuma ocupar a zona central dos estádios de atletismo. A marca obtida pelo atleta é medida pelos oficiais, desde a zona de lançamento até ao primeiro ponto onde o dardo tocou no chão. O lançador é desclassificado se sair da zona de lançamento antes, durante ou depois do lançamento, ou se o dardo tocar no solo sem ser pela ponta dianteira dele. As competições de lançamento de dardo iniciam-se com três rondas de lançamentos para cada atleta. Após esta fase, os oito melhores resultados são apurados para realizar mais três lançamentos. Fim da prova, o atleta que obtiver a maior distância num lançamento legítimo é declarado vencedor.

Lançamento de disco

Lançamento_de_discoÉ um desporto da área do atletismo. O objetivo da prova consiste em lançar um disco na distância mais longa possível. Assim como o lançamento de martelo e o lançamento de dardo, este esporte é chamado oficialmente de lançamento. Somente o arremesso de peso é chamado oficialmente de arremesso, devido ao fato do peso ser empurrado e os demais serem projetados com características diferentes. O disco usado é um prato de metal que se lança e tem a forma de um círculo com o diâmetro de 22 cm. Na prova masculina, o disco mede entre 219 e 221 mm de diâmetro e de 44 a 46 mm de espessura e pesa 2 kg. Na modalidade feminina, mede entre 180 e 182 mm de diâmetro e de 37 a 39 mm de espessura, pesando 1 kg. O atleta segura o disco plano contra os dedos da mão e o antebraço do lado do lançamento, logo gira sobre si mesmo rapidamente e lança o disco ao ar estendendo o braço. Todo o material deve ser fornecido pela organização da competição. Para melhorar a pegada é permitido o uso de uma substância adequada nas mãos. Pode ser usado um cinturão para proteger a coluna.

Lançamento de martelo

Lançamento_de_marteloÉ uma modalidade olímpica de atletismo. O desporto é baseado no lançamento de martelos propriamente ditos, que foram entretanto trocados por bolas de metal presas por um cabo de arame pesado que termina numa pega ou alça. Assim como o lançamento de dardo e lançamento de disco, este esporte é chamado oficialmente de lançamento. Somente o arremesso de peso é chamado oficialmente de arremesso, devido ao fato do peso ser empurrado e os demais serem projetados com características diferentes. O martelo pesa 7,26 kg na prova dos homens e 4 kg nos eventos femininos. O conjunto bola, arame e alça, formam uma unidade de comprimento máximo de 1,2 m. A base de lançamento da prova é um círculo de 2,1 m de diâmetro, geralmente rodeado por uma rede que protege a audiência. Segurando a alça com as duas mãos e mantendo os pés imóveis, o atleta faz a bola girar três ou quatro vezes, num círculo que passa por cima e por baixo da sua cabeça. Quando o martelo alcança velocidade, o atleta gira sobre si próprio duas ou três vezes para acelerar mais a bola e logo a solta para cima e para frente. Se o martelo cai no terreno dentro de um ângulo de 90 graus, o lançamento é considerado válido.

Lawn bowls

Lawn_bowlsÉ um esporte de precisão no qual o objetivo é colocar uma bola assimétrica (chamada bowl) mais próxima de uma bola branca (chamada jacky ou kitty ou sweetie). É praticada em várias superfícies (ao ar livre ou cobertas).

Lawn bowls é parecido com bocha e petanca e é mais popular em países da Comunidade Britânica, como Austrália, Canadá, Nova Zelândia e Reino Unido.

Levantamento de peso básico

Levantamento_de_peso_basicoÉ um esporte de força consistente em três modalidades: o agachamento, o supino e o le- vantamento terra. Os equipamentos são uma barra de aço, discos (ou anilhas) e colares (ou presilhas), para fixar os discos na barra. A barra deve medir 2,20 m de comprimento e pesar 20 kg. Os discos são feitos de metal e têm os seguintes pesos: 0,250 Kg, 0,5 kg, 1,25, 2,5, 5, 10, 15, 20, 25 e 50 kg. Os colares devem pesar 2,5 kg cada um. A competição compõe-se de três provas, na seguinte ordem: o agachamento, o supino e o levantamento terra. Agachamento – O levantador põe a barra na altura dos ombros (por cima dos deltoides), com ou sem ajuda de um auxiliar central e abaixa-se até formar um ângulo de 90° nos joelhos; deve então reerguer-se e voltar a posição inicial. Supino – O levantador, deitado num banco, retira a barra dum suporte com ou sem ajuda de um auxiliar central, desce-a até bem próximo aos músculos do peitoral; em seguida, reergue-a até a extensão dos cotovelos e retorna-a para o suporte. Levantamento terra – Uma barra com pesos é colocada no chão. O atleta abaixa-se, agarra a barra, e eleva-a até que as pernas e costas estejam retas e na posição vertical, e o peito levantado. Os atletas podem fazer três tentativas em cada prova para levantar a maior carga possível e o que tiver maior somatório no total é o vencedor. Em caso de empate, a vitória cabe ao atleta mais leve. Se mesmo assim o empate persistir, ganha aquele que tiver realizado o levantamento primeiro.

Manbol

ManbolComeçou como uma brincadeira que utilizava mangas e acabou se aperfeiçoando devido ao su- cesso Espontâneo. Hoje o Manbol é praticado em uma quadra (areia, grama ou piso) de 10 m x 5 m, com a rede a 1,65 m de altura, substituíndo as frutas por duas bolas ovuladas que conferem uma dinâmica única ao esporte, jogado em categorias individual, duplas, trio e quarteto o esporte desenvolve habilidades físicas como agilidade e coordenação motora. É um esporte totalmente inovador que requer muita explosão de energia.

Marcha atlética

Marcha_atleticaÉ uma modalidade do atletismo onde se executa uma progressão de passos de maneira que o atleta sempre mantenha contato com o solo com, pelo menos, um dos pés. A perna que avança tem que estar reta, (ou seja, não fletida) desde o momento do primeiro contato com o solo até que se encontre em posição vertical. As provas de marcha atlética são disputadas na distância de 20 km, feminino, e 20 km e 50 km masculino, que se realizam nor- malmente em um circuito na rua de no mínimo 1 km e no máximo 2,5 km. A marcha é uma atividade em que a resistência e a técnica do atleta são fundamentais. O regulamento estabelece que os juízes de Marcha têm que avisar aos atletas que por sua forma de marchar correm o risco de cometer alguma falta, e para isso utilizam placas amarelas com o símbolo de uma possível infração. No julgamento de Marcha, quando um atleta comete infração é anotado no quadro de advertências um cartão vermelho correspondente a infração cometida. Quando três juízes diferentes mostram os cartões vermelhos a um atleta, o juiz chefe procede a desqualificação do mesmo.

Marcha nórdica

Marcha_nordicaÉ um esporte de resistência e uma forma de exercício ao ar livre que envolve a andar com a ajuda de pólos semelhantes aos utilizados no esqui. A prática da caminhada nórdica, como a atividade física regular tem efeitos semelhantes à formação ou atletismo engrenagem atlética. Melhora de 90% dos músculos do corpo humano, a capacidade aeróbia, o consumo máximo de oxigênio, a re- sistência física, a resistência psicológica, fortalece o sistema imunológico, retarda o processo de envelhecimento. Para uma melhor ‘per- formace’ são usadas as seguintes técnicas: a Original, a Metodologia dos 10 passos, a ALFA-247, e com as Hastes – Canes.

Mergulho

MergulhoÉ praticado geralmente em grandes tanques, lagoas e mares. Existem três tipos de mergulho: livre, autônomo e o dependente ou semi-autònomo (br: umbilical). O mergulho livre ou de apnéia é a mo- dalidade em que o mergulhador não usa equi- pamentos para respiração subaquática. No mer- gulho autônomo o mergulhador é auxiliado por equipamentos que ele carrega consigo, que lhe permitem respirar debaixo d’água. Já no mergulho dependente, o suprimento de ar não é levado pelo próprio mergulhador, sendo a alimentação feita a partir da superfície por intermédio de um compressor de ar e de uma mangueira. Para um mergulho seguro, é necessário o uso uma série de equipamentos que proporcionarão tranqüilidade, conforto e, obviamente, segurança ao mergulhador e são os seguintes: Máscara de mergulho, Cilindro de ar comprimido, Regulador de Pressão, Roupas isolantes, Manômetro e Profundímetro, Snorkel, Faca de mergulho, Cinto de lastro, Nadadeiras, Colete equilibrador, Lanterna, Computadores. Os Riscos são: Nitrogênio residual, Embolia traumática, Narcose e ou Ataques de animais.

Minigolfe

MinigolfeÉ um desporto de origem britânica que surgiu como alternativa ao golfe, no sentido de estar acessível a uma seção menos elitista da sociedade do século XX. Os princípios gerais do minigolfe são gros- seiramente comparáveis ao do golfe enquanto no ‘green’. Consiste então no arremessar uma bola por ação de um taco a partir de uma marca de saída, para que essa se desloque e ultrapasse um obs- táculo ou série de obstáculos até permanecer es- tática num pequeno buraco. O objectivo principal prende-se na colocação da bola no buraco com o mínimo de acções criadas pelo taco, tacadas designadas. Designa-se por pista a junção dos elementos obstáculo ou série de obstáculos, marca de saída e buraco, assentes sobre uma base rígida. Para começar a jogar, o praticante deve deslocar-se para a primeira pista e colocar a bola na marca de saída. Tentará então colocar a bola no buraco com o número mínimo de tacadas, tendo um número máximo de seis para colocar a bola no buraco. Caso não tenha sucesso, recebe uma tacada de penalização e desloca-se para a pista seguinte ou passa a vez a outro companheiro de equipa. Cada tacada vale um ponto. Cada circuito a praticar deve conter exatamente 18 pistas. O objectivo é minimizar o número de tacadas necessárias para a realização do circuito. A execução completa de todo o circuito designa-se a volta. Os acessórios essenciais são: o taco e a bola. Ao contrário do golfe, no minigolfe o taco é único (salvo em situações raras) e o contato com a bola é feito com uma borracha desenvolvida para o efeito. Mais uma vez, ao contrário do golfe, existe uma enorme variedade de bolas, que se distinguem por características como salto, dureza, peso, tamanho e rugosidade.

Motonáutica

MotonauticaÉ um desporto aquático que engloba todas as atividades realizadas numa embarcação com propulsão por motor de explosão (diesel(br) / gasóleo(pt) ou a gasolina).

Geralmente é guiado por um só piloto.

Pode ser praticado em mares, rios ou lagoas.


Nascar

NascarA Associação Nacional de Stock Car Auto Racing (NASCAR).

É um negócio familiar e operado que as sanções – governa várias corridas de automóveis de eventos esportivos. As Séries mais significativas são: Sprint Cup, Nationwide Series, Camping World Truck Series, Série Canadian Tire, NASCAR Toyota Series, Whelen Euroseries e NASCAR Series iRacing.com.


Natação

NatacaoÉ a capacidade do homem e de outros animais de se deslocarem através de movimentos efetuados no meio líquido, geralmente sem ajuda artificial. A natação é uma atividade que pode ser simul- taneamente útil e recreativa. As suas principais utilizações são recreativas, balneares, pesca, e- xercício e desporto. Existem 6 modalidades / disciplinas distintas na especialidade de natação: Natação pura, Pólo aquático, Saltos para a água, Águas abertas, Natação sincronizada, Mergulho Aquático.

Natação pura

Natacao_puraTambém conhecida por natação desportiva, é a prática da natação de competição em piscina, envolvendo os quatro estilos básicos: crawl, bruços, costas e mariposa (borboleta). O objetivo da na- tação pura é o de determinar qual é o nadador mais rápido em uma determinada distância. A natação pura tornou popular no século XIX, e inclui 36 provas individuais – 18 masculinas e 18 femininas, porém o COI (Comité Olímpico Internacional) reconhece apenas 34 provas – 17 masculinas e 17 femininas. A natação pura é uma mo- dalidade dos Jogos Olímpicos de Verão, onde atletas de ambos os sexos competem em 16 das provas reconhecidas pelo COI. As provas Olímpicas realizam-se em piscina de 50 metros.

Natação sincronizada

Natacao_sincronizadaÉ um esporte híbrido, que inclui conceitos da natação, da ginástica e da dança, consistindo aos nadadores (indivíduos, duetos, trios, equipes ou combos) executar uma rotina sincronizada de movimentos elaborados e dramáticos na água, a- companhada de uma música. A natação sin- cronizada exige habilidades de primeira ordem na água ao exigir força, resistência, flexibilidade, benevolência, arte e o sincronismo preciso, sem mencionar o controle excepcional da respiração quando estiver de cabeça para baixo na água.

Netball

NetballÉ geralmente praticado principalmente por mulheres. Um esporte muito popular nos países da Commonwealth (uma organização intergoverna- mental composta por 54 países membros inde- pendentes). É jogado entre 2 equipes de 7 jogadores cada. O objetivo principal é encestar uma bola grande num arco colocado a 3 metros do solo em cada um dos extremos do campo. Tem regras pa- recidas com as do Basquetebol, contudo com diferenças que transformam a dinâmica do jogo, diferenciando-os entre si. Por exemplo: no netball os jogadores não podem dar um passo enquanto seguram a bola, mas podem girar sobre um pé (pivô) antes de passarem a bola a outro jogador.

Paddle

PaddleÉ um jogo disputado entre duas duplas com raquetes e uma bola. A bola é igual à de tênis mas o campo tem algumas diferenças em relação a este desporto, pois tem 20 m de comprimento por 10 m de largura, com paredes nos fundos e parte das laterais. Alguns, mais sofisticados, utilizam vidro ou blindex no lugar das paredes, permitindo excelente visualização do jogo. O restante é cercado por telas ou alambrados de metal, sendo que o piso pode variar do cimento à grama oficial. O diferencial do pádel para outros esportes de raquete é a interação das paredes, uma vez que elas recolocam a bola em jogo, o que dá mais emoção e dinamismo à disputa de um ponto. Ainda que comuns, as competições entre o tênis e o pádel são evitadas pelos praticantes de ambas modalidades.

Parapente

ParapenteÉ semelhante a um paraquedas pois também tem uma estrutura flexível e o utilizador está suspensos. O vôo de parapente é uma modalidade de vôo livre que pode ser praticado tanto para recreação quanto para competição onde é considerado esporte radical. Enquanto que o paraquedista se limita ‘passivamente’ a diminuir os riscos de uma a- terragem violenta, o parapentista tem um vôo dinâmico, onde o piloto controla sua, não só a 100% a sua descida como em circunstâncias favoráveis de correntes de ar ascendentes pode manter-se a voar por períodos longos além de poder escolher a direção para onde quer ir. Denomina ser paramotor o parapente no qual um motor é empregado para propelir o piloto. É feito de materiais como o nylon e o poliéster não porosos e impermeabilizados, para que o ar que entra não saia através do tecido, mantendo assim a pressão interna e o velame inflado. Quanto mais horas de vôo e exposição ao Sol, mais desgastado fica o velame, causando a perda da impermeabilidade e aumentando a porosidade, tendo assim uma diminuição da performance.

Paraquedismo

ParaquedismoO paraquedismo (pré-AO 1990: pára-quedismo) é praticado por desportistas (paraquedistas) que saltam de aeronaves, ou lugares fixos (BASE jumping), fazendo uso de um pára-quedas (in- vólucro contendo uma vela dobrada desenhada a desdobrar-se aumentando sua superfície de contato com o ar) para diminuir sua velocidade de queda, sendo possível realizar saltos de grandes altitudes sem sofrer danos corporais. As modalidades são: – Salto semi-automático; – Formações em queda livre (FQL ou TR (trabalho relativo); – Estilo livre (freestyle); – Pouso de precisão; – TRV (formações de velames); – Freefly (FF); -Skysurf; – Salto Tandem ou Salto Duplo; – BASE jumping; -Wingsuit; – Pilotagem de velames (swooping).

Parkour

ParkourPor vezes abreviado como PK (em português: arte do deslocamento) – é uma atividade cujo princípio é mover-se de um ponto a outro o mais rápido e eficientemente possível, usando principalmente as habilidades do corpo humano. Criado para ajudar a superar obstáculos de qualquer natureza no am- biente circundante, desde galhos e pedras até grades e paredes de concreto e pode ser praticado em áreas rurais e urbanas. Homens que praticam parkour são reconhecidos como traceur e mulheres como traceuses. Sem limitações de espaços para ser praticado, o parkour é acessível a todos, possibilitando o autoco- nhecimento do corpo humano e mente como o desenvolvimento da força, resistência, coordenação motora, ao mesmo tempo que desenvolve a concentração, força de vontade, determinação e coragem, qualidades que favorecem o bem estar e a qualidade de vida, educando jovens ávidos por novas experiências. Um traceur ou traceuse é potencialmente um ótimo praticante de outras atividades físicas que necessitam de auto controle, agilidade, destreza, força, raciocínio rápido e observação. Sem limitações de espaços para ser praticado, o parkour é acessível a todos, possibilitando o auto-conhecimento do corpo humano e mente como o desenvolvimento da força, resistência, coordenação motora, ao mesmo tempo que desenvolve a concentração, força de vontade, determinação e coragem; qualidades que favorecem o bem estar e a qualidade de vida, educando jovens ávidos por novas experiências. Um traceur ou traceuse é potencialmente um ótimo praticante de outras atividades físicas que necessitam de auto controle, agilidade, destreza, força, raciocínio rápido e observação.

Patinagem no gelo

PatinagemÉ o ato de usar patins com lâminas no lugar de rodas para deslizar em superfícies cobertas de gelo. Além de ser uma atividade recreativa, também é usada em vários desportos de competição. Esse esporte pode ser realizado em lagos e canais congelados ou em pistas preparadas para o efeito. Algumas destas têm congelação artificial para não depender da temperatura do ar. Algumas também são parcialmente ou totalmente cobertas. Pessoas que moram no Canadá, EUA e outros países com inverno rigoroso como a Suíça e a Alemanha também podem realizar o esporte em lagos ou poças congelados que ficam perto de suas casas, mas não é aconselhável pois a superfície tem de ser grossa. As modalidades são: Patinagem de velocidade, Patinagem de velocidade de pista curta, Patinagem artística, Patinagem sincronizada, Maratona e Kortebaan.

Pelota basca

Pelota_bascaÉ um esporte jogado com uma bola que é batida com a mão, uma raquete, um bastão de madeira ou uma cesta, contra uma parede (frontis) ou, mais tradicionalmente, entre duas equipes frente a frente separadas por uma linha no chão ou por uma rede. As modalidades são: Pelota a mano – É quando a pelota é jogada com as mãos; Pelota a pala – Usa-se uma pá de madeira com três centímetros de es- pessura por doze centímetros de largura; Cesta a ponta – O atleta amarra no braço uma haste com até sessenta centímetros de com- primento. Ela tem em sua extremidade uma espécie de cesta de vime, em forma de concha, de onde a bola de couro é apanhada e arremessada. Essa modalidade é bastante difundida em Miami, nos Estados Unidos, graças a sua rapidez, perícia e as apostas que circulam a cada partida. Em todas as modalidades as regras são as mesmas. Os jogadores ou duplas têm de atirar a pelota contra um frontão, duas paredes que formam um ângulo de noventa graus, acima de uma linha que varia entre noventa centímetros e um metro de altura. Ao voltar, a pelota só pode tocar no solo uma vez. A contagem vai até 12 pontos.

Pesapallo

PesapalloÉ um esporte coletivo criado na Finlândia. Suas regras são similares a outros esportes como brännboll (jogado na Escandinávia), rounders (jogado no Reino Unido), beisebol e lapta (jogados na Rússia). As principais diferenças entre o beisebol e o pesäpallo são: – Há uma linha de fundo, que no beisebol não tem. A bola tem que quicar no campo antes desta linha para o home-run valer. – Não há catcher. – O arremesso do pitcher é similar ao do softbol. – Strike é considerado sempre que a bola subir a pelo menos 1 m sobre a cabeça do rebatedor e desde que ela acerte o alvo. – O walk exige menos arremessos errados. – Pegar uma bola no ar não é um out automático. Mas ela exige que todos os jogadores retornem às suas bases de origem. Só será out se a bola chegar na base de origem antes dos jogadores. – O rebatedor não precisa correr se acertar a bola depois do primeiro strike. – O campo de jogo não tem o formato de diamante e as distâncias entre as bases são diferentes.

Pesca

PescaÉ a extração de organismos aquáticos, do meio onde se desenvolveram para diversos fins, tais como a alimentação, a recreação (pesca recreativa ou pesca desportiva), a ornamentação (captura de espécies ornamentais), ou para fins industriais. As principais espécies exploradas pelas pescas no mundo pertencem aos grupos dos peixes, dos crustáceos e dos moluscos. No entanto, são também cultivados e capturados pelo homem várias espécies de crocodilos, batráquios (principalmente rãs), mamíferos marinhos (principalmente baleias) e algas. A forma mais simples da pesca é um indivíduo isolado com uma canoa ou uma rede de pesca. Não só como atividade recreativa, proporcionando um enorme comércio em muitos países desenvolvidos, mas também como pesca de subsistência nos países menos desenvolvidos, esta forma de pesca continua a ser muito importante em todo o mundo. Mas a forma mais usual de pescar é com o auxílio de embarcações, começando com a jangada de papiros do Egito ou a piroga ou canoa de tronco escavado, ainda hoje a principal plataforma de pesca em muitos países menos desenvolvidos, passando pela voadeira e pelos barcos à vela, até aos enormes barcos-fábrica responsáveis pela produção de atum e equipados com a mais moderna tecnologia, desde helicópteros para a detecção dos cardumes, até receptores de informação de satélites, que lhes indicam a posição exata, a temperatura da água do mar, etc. Os métodos são: Pesca de linha, Pesca de emalhe, Pesca de cerco, Pesca com armadilhas, Pesca com vara.

Peteca

PetecaÉ o nome dado tanto a um esporte quanto ao artefato esportivo utilizado em sua prática, sendo ambos de origem indígena brasileira. O jogo de peteca guarda certas semelhanças com o voleibol e o badminton, pelo fato de jogar-se, como estes, em um campo dividido por uma rede. O elemento principal do jogo é a peteca, que se golpeia com mão. A popularidade da peteca como jogo de tempo livre tem crescido constantemente em alguns países europeus, como a Alemanha, onde, para o esporte, existem três federações diferentes.

Pipas

PipasTambém chamada de papagaio, pandorga ou raia, é um brinquedo ou esporte que voa baseado na oposição entre a força do vento e a da corda (linha) segurada pelo operador. É composta de papel que tem a função de asa, sustentando-a. Conforme o modelo pode contar com uma rabiola, que é um adereço preso na parte inferior para proporcionar estabilidade. O cerol é uma mistura cortante de pó de vidro e cola de madeira utilizado na linha da pipa com o objetivo de cortar a linha de outra pipa oponente. Tipos de pipas: Suru – pipa que não tem rabiola e também em sua fabricação só utiliza duas taletas (varetas) em forma de cruz e é totalmente encapada; Raia – não utiliza rabiola e tem formato de losango; Peixinho – semelhante a raia, mas em sua maioria leva rabiola; Morcego – pipa sem rabiola, em formato retangular e não é totalmente encapada; Pião – pipa grande que precisa de muita rabiola para subir é considerado pião, quando a vareta central da pipa geralmente ultrapassa a medida de 60 cm; Telequinho – pipa pequena que precisa de pouca rabiola para subir; Maranhão – pipa com rabiola e muita mobilidade; Carrapeta – feita com três varetas em tamanhos diferentes, uma central e duas transversais, formando uma espécie de cruz, com espaço entre si, sendo que a inferior é em tamanho mais curto. Baratinha ou Charutinha – espécie de pipa com rabiola, possui formato retangular, tem muita agilidade; Pipas de Biquinho – modelo muito conhecido dos cariocas, com rabiolas imensas, tem capacidade de chegar muito longe; Pipa Ratinho – é feita com folhas de caderno com rabiola, parece com um rato; Pipa ‘Batata’ – semelhante a carrapeta, sendo que as varetas transversais não do mesmo tamanho; Pipa Modelo – conhecidas pelos seus formatos variados, destacadas não só pelo seu tamanho, que pode ser muito grande, mas também pela beleza. Muito vistas em ‘Festivais’, como são conhecidas nas competições desse estilo.

Pólo aquático

Polo_aquaticoÉ um desporto coletivo, semelhante no princípio básico do handebol. As equipes devem tentar jogar a bola dentro da baliza adversária, defendido pelo guarda-redes (goleiro), mas é praticado dentro de uma piscina. As duas regras básicas oficiais são: a bola não pode ser segurada com as duas mãos juntas por qualquer jogador com excepção do guarda-redes (goleiro), a bola não pode ser a- fundada por qualquer jogador quando atacado. O jogo é dividido em quatro partes de 8 minutos de tempo útil (o tempo pára sempre que a bola sai dos limites da piscina, um técnico ou capitão pede tempo, ocorre alguma falta, ou um dos árbitros assinala alguma coisa com o apito).

Rally

RallyÉ uma forma de competição automobilística disputada em vias públicas ou privadas com veí- culos de produção modificados ou especiais como Pickups, caminhões motos e automóveis con- vencionais. Este esporte se distingüe por não ser disputado em autódromos, mas em um formato ponto-a-ponto no qual os participantes e seus co-pilotos (conhecidos também como navegadores) dirigem entre pontos de controle determinados (estágios), partindo em intervalos regulares a partir de um ou mais pontos de partida. Ralis podem ser vencidos por percorrer o trecho no menor tempo possível (Rali de Velocidade), por percorrer o trecho dos estágios mais próximo possível de um tempo predeterminado (Rali de Regularidade) ou por completar o número de voltas antes. Existem dois tipos principais de rali: ralis de estrada e ralis de estágio.

Raquetebol

RaquetebolÉ praticado em uma quadra fechada de 13,2 m X 6,6 metros de altura. Os jogadores ficam de frente para a parede, alternando saques com uma raquete encordoada amarrada ao pulso para não escapar da mão. Usam também óculos de acrílico para se proteger de boladas. Podem-se utilizar as paredes laterais e o teto como pontos de impacto da bola de borracha. Seu objetivo é evitar que ela repique duas vezes no chão. Vence quem fechar primeiro dois sets de 15 pontos. As partidas podem ser individuais, em duplas ou trios. A principal diferença entre raquetebol e squash é a utilização do teto como ponto de rebote da bola, além das paredes laterais e a frontal. A outra é o tamanho da quadra, mais comprida, e da raquete, menor e mais leve.

Remo

RemoÉ um desporto muito completo, quer do ponto de vista dos atletas envolvidos (todos os grandes grupos musculares), quer do ponto de vista da demanda fisiológica que supõe. Na verdade, trata-se de um desporto de resistência-força (aquilo a que os anglo-saxônicos chamam de ‘power-endurance sport’), ou seja, um desporto que exige níveis muito elevados de força muscular e de resistência à fadiga. Assim, os remadores são, usualmente, muito fortes e bem musculados e possuem uma muito elevada capacidade aeróbica, para poderem oxigenar a grande quantidade de massa muscular utilizada no seu desporto. A combinação destas duas características confere-lhes uma capacidade física singular, senão única. Um aspecto interessante do remo é que este desporto tende a selecionar os atletas mais altos e com membros mais longos, porque estes conseguem mais facilmente obter um padrão de exercício de força mais continuado e prolongado na água (remada mais ampla). Assim, é raro encontrarmos, por exemplo nas finais olímpicas, remadores com menos de 1,90 m de altura, havendo mesmo muitos com mais de 2,00 m. Dada esta característica do desporto, criou-se a categoria ‘peso leve’, para possibilitar a prática competitiva do remo a homens e mulheres mais próximos do padrão normal da população. Os tipos de barcos: – parelhos (2 remos por remador). – Pontas (shell)(1 remo por remador). Atualmente existem 14 eventos de remo olímpico: Homens: Four Skiff : 4X, Double Skiff : 2X, Skiff : 1X, Oito com ti- moneiro: 8 +; Quatro sem timoneiro : 4-; dois sem timoneiro : 2-; Homens Peso Leve: Double Skiff: 2X; Quatro sem timoneiro : 4-; Mulheres: Four Skiff: 4X; Double Skiff : 2X; Skiff : 1X; Oito com timoneiro : 8 +; Quatro sem timoneiro : 4-; Mulheres Peso Leve: Double Skiff : 2X.

Ringette

RingetteÉ um esporte jogado em um gelo de superfície. É jogado principalmente por mulheres, Ringette usa a velocidade de hockey e a habilidade de basquete e requer o uso de varas retas para controlar um anel de borracha, com o objetivo do jogo é marcar gols, atirando o anel na rede do adversário. Apenas seis jogadores em cada equipe é permitido no gelo de uma só vez, normalmente um centro, dois a- tacantes, dois defensores e um goaltender. No entanto, a equipe joga short-handed (está em baixo um ou dois jogadores), quando um jogador recebe uma penalidade e deve sentar-se para um intervalo definido na caixa de penalidade.

Rugby de praia

Rugby_de_praiaEm inglês: beach rugby é uma varição do rugby com várias ligas pela Europa e popular principalmente na Itália. Entre 30-50 metros de comprimento por entre 20-25 metros de largura, alguns torneios são disputados nas mesmas arenas do futebol de areia fazendo com que se use as dimensões de campo do esporte (entre 35-37 m de comprimento, por 26-28 m de largura). Depende da organização do torneio, pode ser entre 5 e 7 jogadores por time mais entre 3 e 7 reservas. Ao contrário do rugby padrão no rugby de praia não existem os postes de gol, portanto apenas o try é marcado, sendo que cada try vale 1 ponto. Dependendo do torneio são usados 2 tempos de 5 ou 7 minutos.

Rugby league

Rugby_leagueTambém chamado de rugby de 13, é um esporte criado no século XIX na Inglaterra, derivado do rugby union (o código de rugby mais difundido no mundo). É considerado um jogo mais dinâmico, aberto e de contato físico mais intenso do que o rugby union. O campo do rugby league é similar ao do rugby union, com a diferença que ele é dividido em dez partes de 10 metros de comprimento cada. As posições dos jogadores do rugby league são similares aos do rugby union, devido ao número de jogadores reduzido e a ausência de rucks foram retiradas as posições de asa direito e asa esquerdo, também diferentemente do rugby union, a contagem do número na camisa dos jogadores começa pelos backs.

Rugby subaquático

Rugby_subaquaticoÉ jogado debaixo de água em uma piscina com uma profundidade de 3,5 m a 5 m. Os tamanhos da largura e do comprimento da piscina são in- definidos, mas normalmente são usadas as mesma piscinas de Polo aquático. Os gols são aros de arame que são fixados no fundo da piscina, cujos diâmetros são de cerca de 40 centímetros. A en- trance área é um espaço junto a uma lateral da piscina onde os jogadores entram e saem durante as substituições. Um jogo tem duração de 30 minutos, divididos em dois tempos de 15. Cada Equipe consiste de 6 jogadores e 6 substitutos, sendo que uma equipe joga com toucas brancas e outra com toucas azuis, que tentam marcar pontos, colocando a bola (que afunda na água, já que é preenchido com água salgada) na cesta da equipe adversária. É um jogo que integra velocidade e resistência, além do fato de que as substituições de jogadores são feitas durante o jogo. A regra é que os substitutos só podem entrar na água quando o outro sair totalmente da piscina. O rugby é jogado totalmente sob a água, e a bola, que em nenhum momento pode chegar à superfície, pode ser lançado para qualquer direção. A bola percorre cerca de 2 m a 3 m, antes de ser parado pela resistência oferecida pela água. Isso faz com que o rugby exija tática e um excelente senso de posicionamento (em três dimensões). O jogador pode usar diferentes habilidades, como força, velocidade, mobilidade, ou simplesmente baixo consumo de oxigênio. Às vezes é jogado com equipes mistas em que homens e mulheres fazem parte de uma equipe.

Rugby union

Rugby_unionÉ baseada em correr com a bola na mão. Na sua forma mais comum é um jogo entre duas equipes de 15 jogadores. Os itens mais básicos de e- quipamentos para um jogo de rugby union são a própria bola, uma camisa de rugby (também conhecido como um ‘jersey’), de rugby calções, meias e botas. A bola de rugby é de forma oval, (tecnicamente um esferóide alongada ), e é com- posta de quatro painéis. A esfera foi historicamente feita de couro, mas na era moderna maioria dos jogos usam uma bola feita de um material sintético. Campo com traves em forma de H em cada linha do gol.

Salto com vara

Salto_com_varaÉ um evento atlético onde os competidores usam uma vara longa e flexível para alcançar altura, e passar por cima de uma barra. A pista oficial no salto com vara deve medir no mínimo 45 m. O atleta deve saltar sobre um travessão, a fasquia ou sarrafo apoiado em duas traves verticais. São per- mitidas um máximo de três tentativas para cada altura escolhida pelo atleta, o qual pode se recusar a saltar sob determinadas alturas com o intuito de alcançar mais rapidamente marcas maiores. Contam como faltas a queda do sarrafo, tanto pelo corpo do atleta quanto pela vara, e a mudança da posição das mãos após a vara ser fincada na caixa de apoio. Três faltas seguídas acabam com a prova.

Salto em altura

Salto_em_alturaÉ uma modalidade olímpica de atletismo, onde os atletas procuram superar uma barra horizontal colocada a uma determinada altura. A modalidade integra o programa do decatlo e do heptatlo. A altura mínima a saltar é determinada pelos or- ganizadores e juízes de uma competição oficial. Os atletas escolhem a altura a qual desejam começar. Os atletas saltam por turnos e têm três chances de superar essa marca sem derrubar a barra. Após um primeiro salto bem sucedido, são os próprios atletas que decidem que altura vão saltar de seguida. À medida que o atleta vai conseguindo superar as marcas sem derrubar a fasquía, a altura sobe tipicamente em incrementos de 3 a 5 cm. Quem falha após três tentativas é eliminado. Para efeitos de desempate, contam o número de tentativas efectuadas antes de superar uma dada marca. Por exemplo, o atleta que supera 1,80 m à primeira, ficará à frente do que supera 1,80 m à segunda tentativa. A fasquia é uma barra de fibra de vidro ou alumínio, de peso determinado e com cerca de quatro metros de comprimento. A fasquia é suportada por dois postes verticais. Por detrás da fasquia encontra-se uma zona de queda, revestida de um material que ampara a queda do saltador. O saltador pode fazer uma corrida de balanço, normalmente cerca de 20 m, até à fasquia. O salto é declarado nulo se a fasquia cair. Tendo apenas três tentativas, o atleta pode correr para saltar e pode decidir não saltar, a partir daí conta-se 1 minuto para outra tentativa. Se o tempo acabar é considerado um salto nulo. Tipo de salto costumeiro: É o flop ou estilo fosbury, onde saltador ultrapassa a fasquia de costas, passando primeiro com os ombros de rosto virado para o céu, depois com o resto do corpo. O criador desse estilo foi o estado-unidense Dick Fosbury.

Salto em distância

Salto_em_distanciaTambém chamado por Salto em comprimento. É uma modalidade do atletismo. A prova divide-se nas seguintes fases: corrida – precisa ser em ritmo veloz, com passadas largas e sincronizadas para obter velocidade suficiente para a fase seguinte; impulso – o atleta salta; vôo – o atleta voa sobre um substrato arenoso; queda – deve ser realizada com as pernas estendidas para a frente, joelhos le- vemente flexionados e os braços também es- tendidos para frente.


Saltos ornamentais

SaltosOrnamentaisOu Saltos para a água. São executados em piscina olímpica com os seguintes eventos: Trampolim de 3 m individual masculino e feminino; Plataforma de 10 m individual masculino e feminino; Trampolim de 3 m sincronizado masculino e feminino; Pla- taforma de 10 m sincronizado masculino e feminino; Salto simples; Mergulho por distância. Movimentos e posições corporais: Para frente; De costas; Ponta pé a lua; Revirado; Parafuso; E- quilíbrio com as combinações a seguir: Grupada; Carpada; Esticada; Livre.

Salvamento

SalvamentoBusca e Salvamento são o conjunto de ações necessárias para recuperação de pessoa, animal ou bem submetido a qualquer tipo de ameaça, quer auto-infrigidas ou decorrentes de acidentes, de- sastres naturais, conflitos e guerras, desordens, atos políticos, etc; nos mais diversos ambientes naturais e artificiais. Como: Resgate em montanha, Resgate em cavernas, Resgate no mar, Resgate em nau- frágios, Resgate em mergulho, Resgate em in- cêndios, Resgate em desastres naturais, Resgate em soterramento, Resgate em avalanche, Resgate em inundações, Resgate em tremores de terra, Resgate em edificações, Auto-resgate.

Skateboarding

SkateboardingÉ um esporte de ação que envolve montar e executar truques usando um skate. Também pode ser considerado uma atividade recreativa, uma forma de arte, um trabalho, ou um método de transporte. Skateboarding foi moldado e in- fluenciado por muitos skatistas ao longo dos anos. Um relatório de 2002 descobriu que havia 18,5 milhões de skatistas do mundo. 85% dos skatistas entrevistados que usaram uma placa no ano passado estavam sob a idade de 18 anos, e 74% eram do sexo masculino.

Skate Longboard

Skate_LongboardÉ uma variante mais longa de um skate. É comumente utilizada para o cruzeiro, downhill, slalom corrida, correr, e ou transporte. Longboards são skates em termos de peças e construção em geral. No entanto, as peças possuem geralmente diferentes dimensões e as rodas podem ser mais suave. Alguns, no entanto, têm rodas relativamente duros, o que torna longboards se sentir muito diferente do que o skate onipresente.


Softball

SoftballEste desporto foi criado como uma variação mais leve do baseball (soft é ‘leve’ em inglês), por isso tornou-se uma modalidade mais popular entre as mulheres. O softbol é um desporto muito parecido com o beisebol, sendo as regras praticamente as mesmas. As principais diferenças entre o softbol e o beisebol são as dimensões da bola (maiores no softbol), as dimensões do campo (menor do que o de beisebol) e o tempo de jogo (que é de sete en- tradas no softbol, em vez de nove). Além disso, o lançamento no softbol é completamente diferente, tem de ser feito por baixo, junto à anca. Outras regras menos expressivas como o roubo de bases e a mecânica das substituições de jogadores também diferencia estas modalidades. Em termos de alta competição o softbol é maioritariamente praticado por equipes femininas. O objetivo do softbol, tal como o do beisebol, é marcar o maior número possível de pontos (‘corridas’) para vencer o jogo.

Squash

SquashÉ um esporte praticado com raquetes e com uma pequena bola oca preta de borracha por dois jo- gadores ou 4 jogadores para disputa de duplas em uma quadra, um campo fechado por 4 paredes, sendo a traseira de vidro. Nas competições de profissionais, as quatro paredes são de vidro e a bola é branca. Quando a bola atinge a parede, ela é esmagada (em inglês, squashed), o que originou o nome do esporte / desporto. As partidas pro- fissionais são decididas em melhor de 5 jogos e cada um deles é disputado no sistema Pars até 11 pontos.

Street soccer

Street_soccerO termo futebol de rua engloba uma série de variedades informais da associação de futebol. Estes jogos informais não necessariamente utilizam os requisitos de um jogo formal de futebol, como um grande campo, marcações do campo, aparelhos de metas e bandeiras de canto, onze jogadores de cada equipe, ou árbitros. Muitas vezes, o mais básico de set-ups vai envolver apenas uma bola com uma parede ou muro usado como um objetivo, ou itens, como roupas sendo usadas para postes (daí a frase ‘jumpers para postes’). A facilidade de jogar estes jogos informais explica por que eles são populares em todo o mundo. O futebol de rua pode ser dividido em três variedades: pequenas adaptações das regras de futebol de associação, jogos baseados em marcar golos (gols) e jogos que não são. Alguns exemplos das variedades: Cubbies, Goal-e-in, Três-and-in, Três-em-três-fora, Boston Gaiola, New Jersey gaiola, Cabeçadas e voleios, 60 segundos, Pontos, 25, 21, Richard, Shooties, Enfrentar e atirar, Passar e atirar, Dez Tiros, Quatro Nets, Gol Para Mi, Munique, Ténis, Asses, 3.5 e One Touch.

Surf

SurfÉ uma prática desportiva efetuada na superfície da água, amiúde considerada parte do grupo de atividades denominadas esportes radicais, cuja proficiência é verificada pelo grau de dificuldade dos movimentos executados pelo surfista ao deslizar em pé na prancha de surfe, aproveitando a onda que quebra quando se aproxima da praia ou costa. As boas ondas para a prática do surfe são normalmente encontradas no oceano, mas, por vezes são encontradas também em lagos, rios e piscinas de ondas. Existem muitas variações do desporto, tal como o stand up paddle surf, o uso de barcos e canoas para deslizar nas ondas, colchões insufláveis e tábuas de skimboard. Quando mais de uma pessoa utiliza a mesma prancha para surfar, isso é chamado ‘surfe tandem’. Existem três grandes subdivisões no surfe em pé: longboarding, shortboarding e stand up paddle surfing, refletindo diferenças na construção da prancha, comprimento, estilo do deslize e tipo de onda. No surf tow-in (quase sempre, mas não exclusivamente, associado ao surfe de ondas grandes), um barco motorizado, como um jet-ski, reboca o surfista para a frente da onda, ajudando para que a velocidade dele equivale a da onda, que, geralmente é uma velocidade mais alta que um surfista a remar pode conseguir. Outros desportos relacionados com o surfe, como paddleboarding e sea-kayaking, não necessitam de ondas. Outras derivações, como o kite surf e windsurf, dependem mais da força do vento. Mesmo assim, todas elas podem ser utilizadas para se deslizar nas ondas.

Surfe de peito (bodysurf)

Surfe de peitoÉ considerado a mais pura forma de surfe e talvez a primeira de todas, dado que sua prática prescinde de qualquer suporte material, bastando um corpo e uma onda. Por não utilizar pranchas, se diferencia de outras formas de surfe, como handgun (que se vale de uma pequena prancha de mão), bodyboard (surfe deitado em uma prancha), kneeboard (surfe ajoelhado). Pode ser tanto uma modalidade es- portiva, quanto uma atividade de lazer. Como modalidade esportiva, é permitido o uso de nadadeiras (pés-de-pato) nos campeonatos, que anualmente são realizados em diversos países como França, Austrália, EUA (Havaí e Califórnia), México e Brasil. Como lazer, é praticado em milhares de praias e, no Brasil, é popularmente conhecido como ‘jacaré’. O surfe de peito é produto da observação e respeito do homem aos golfinhos. A grande alavancada do surfe de peito no Brasil, se deu com a evolução do surf de prancha também. A cada manobra nova do surf de prancha, o surfe de peito acompanhava. No início os bodysurfers simplesmente despencavam nas grandes ondas, depois, coma evolução, foram surgindo manobras como o tubo, cortadas na parede das ondas, parafusos etc. Hoje no Brasil e no resto do mundo existem campeonatos de surfe de peito.

Tamboréu

TamboreuResumidamente, o tamboréu é um esporte jogado por atletas posicionados em cada metade de quadra, dividida por uma rede. O objetivo de cada um é lançar a bola ao campo adversário sobre rede, sem que este possa devolvê-la e evitar que faça o mesmo. Em todas as suas variantes simples, por equipe ou não a contagem terá dez pontos em cada ‘set’, que só se encerra com dois pontos de diferença ou no 16º e têm um total de cinco. Os pontos são marcados quando a bola toca o chão ou nas linhas da quadra. Segundo o artigo 71º do regulamento, qualquer jogador perde o ponto: – Se não devolver a bola por cima da rede, antes do segundo pulo da mesma; – Se ao devolver a bola ela não cair dentro da quadra adversária; – Se a bola tocar no seu próprio piso, após sair do tamboréu; – Se devolver a bola pelo lado de fora dos postes que sustentam a rede, ainda que ela vá cair no campo adversário; – Se, para devolver a bola ao campo adversário, aplique mais de um toque, mesmo que não caia no piso; – Se, batendo na rede, caia a bola no próprio campo de quem a devolveu; – Se bater na bola de voleio antes que ela tenha passado a rede, invadindo, por cima, o campo adversário.

Tchouckball

TchouckballÉ um esporte coletivo indoor sem contato físico desenvolvido na década de 1970 pelo biólogo suíço Dr. Hermann Brandt, com o objetivo de ser uma ferramenta para trazer paz às equipes. Este esporte se caracteriza por combinar elementos do han- debol, do voleibol e da pelota basca. Sua Cartilha é: O jogo exclui qualquer esforço por prestígio, seja pessoal ou coletivo; O jogo requer dedicação total; O jogo é antes um exercício social que uma a- tividade física.

Tênis

TenisÉ um esporte de origem inglesa, disputado em quadras geralmente abertas e de superfícies sintéticas, cimento, saibro, ou relva. Participam no jogo dois oponentes ou duas duplas de oponentes, podendo ser mistas (homens e mulheres) ou não. A quadra é dividida em duas meia-quadras por uma rede, e o objetivo do jogo é rebater uma pequena bola para além da rede (para a meia-quadra adversária) com ajuda de uma raquete. Para marcar um ponto é preciso que a bola toque no solo em qualquer parte dentro da quadra adversária incluindo o alvado do oponente, fazendo com que o adversário não consiga devolver a bola antes do segundo toque, ou que a devolva para fora dos limites da outra meia-quadra. O desporto assim possui aspectos de ataque (rebater bem a bola, dificultando a devolução do adversário) e defesa (bom posicionamento em quadra, antecipação do lance adversário e etc). O tênis possui um intricado sistema de pontuação, que subdivide o jogo em games e sets. Grosso modo, um game é um conjunto de pontos (15-30-40-game) e um set é um conjunto de games (1-2-3-4-5-set). Cada game tem um jogador responsável por recolocar a bola em jogo: fazer o serviço ou sacar. No tênis a competição, é comum que o jogador que serve fature o game, já que tem a vantagem do ataque e dita o ritmo do jogo. Desta forma, uma das estratégias do jogo é tentar inverter esta vantagem durante a troca de bola ou durante a defesa fazer com que o adversário, através de erros, perca os games em que está sacando. Ganha o jogo aquele que atingir um número de sets pré-definido – geralmente 2 sets, sendo de 3 sets para os grandes torneios.

Tênis de mesa / Ping-Pong

Tenis de mesaUma partida de tênis de mesa ou ping-pong é disputada em melhor de qualquer número de sets ímpares. Usualmente, torneios nacionais são disputados em melhor de 5 sets e torneios in- ternacionais em melhor de 7 sets, o que significa que o jogador ou dupla que vencer, respec- tivamente, 3 ou 4 sets vence a partida. Para vencer um set, o jogador ou dupla precisa somar 11 pontos ou, em caso de empate em 10 pontos, somar dois pontos de vantagem em super relação ao seu adversário. A partida se inicia com o saque de um dos oponentes conforme a ordem de saque escolhida pelo vencedor do sorteio para tal fim. Cada jogador tem o direito de sacar duas vezes consecutivas independente da pontuação que obtiver. Em duplas, a ordem de saque é alternada entre as duplas e entre os jogadores de modo que cada um dos quatro jogadores saque. Os equipamentos são: mesa, bola, raquete, rede e seus acessórios.

Trekking

TrekkingÉ uma palavra de origem sul-africana que significa seguir um trilho – Enduro ou o chamado percurso pedestre e fazê-lo a pé. Como desporto está inserido na modalidade de pedestrianismo. Só há quem não lhe chame de caminhada porque é talvez mais competitiva, é longa e implica dormir ‘fora’, em abrigos ou tendas, mudando de lugar como se um excursionista ou um peregrino a pé se trata-se, enquanto numa vulgar ou mais comum se regressa ao ponto de partida para passar a noite, no fim, é um passeio na Natureza por mais que um dia seguido. Existe competições ‘O Trekking ou Enduro’ a pé de regularidade é um esporte constituído de provas onde se devem percorrer trilhas preestabelecidas em planilhas que fornecem informações como figuras representativas sobre o caminho, direções para navegação por bússola, velocidade de caminhada e comprimento dos trechos do percurso. Os desenhos ajudam a identificar o percurso a ser seguido. Esses desenhos podem representar árvores caídas, cercas, rios, mata-burros, porteiras, construções, etc. A velocidade média em cada trecho geralmente é fornecida em metros por minuto e o comprimento de cada trecho em metros. As equipes comumente utilizam equipamentos como bússola, calculadora, Palm top, equipamentos digitais ou mecânicos para contabilizar passos durante a prova e também notebooks. Geralmente proíbe-se o uso de equipamentos capazes de medir distâncias como canetas laser, ultra-som, trenas, réguas, GPS, entre outros. Também proíbe-se o uso de aparelhos ou recursos de comunicação como telefones celulares, rádio, internet, dentre outros. Para a verificação da regularidade utiliza-se Postos de Controle, também conhecidos como PCs – posicionados aleatoriamente ao longo do percurso.

Triatlo

TriathlonAtualmente, o nome triatlo é em geral aplicado a uma combinação de natação, ciclismo e corrida, nessa ordem e sem interrupção entre as modalidades. Pode-se classificar as provas de Triatlo de acordo com as distâncias percorridas e com os locais onde as provas são disputadas. As principais são as seguintes: Sprint: 760 metros de natação / 20 km de bicicleta / 5 km de corrida – Olímpico: 1.5 km de natação / 40 km de bicicleta / 10 km de corrida – Meio-Ironman ou Ironman 70.3: 1.9 Km (1.3 milhas) de natação / 90 Km (56 milhas) de bicicleta / 21 Km de corrida (13.1 milhas) – Ironman: 3.8 km (2.4 milhas) de natação / 180 km (112 milhas) de bicicleta / 42 km (26.2 milhas) de corrida; Ultraman: 10 km de natação / 421 km de bicicleta / 84 km de corrida.

Triplo salto

Triplo saltoÉ uma combinação de três saltos sucessivos que terminam com a queda numa caixa de areia. A prova inicia-se com uma corrida de impulso. O salto começa com o contacto da perna de impulsão tocando o solo (maior absorção de impacto); segue-se uma pequena flexão da perna de impulsão (maior tensão elástica); nesse momento a perna de impulsão sofre grande pressão (até 6 vezes o peso do atleta), sendo que quanto maior o ângulo maior a pressão. A chamada é realizada com um movimento de patada, onde o saltador faz um movimento brusco com a perna para trás e para cima, tentando assim reduzir a perda de velocidade horizontal. O ângulo resultante de saída é menor que o salto da distância. Por fim, na fase de vôo, deve-se corrigir o equilíbrio através da rotação horizontal dos braços, colocando o centro de gravidade no lugar. Numa outra técnica, o salto realiza-se com a perna de elevação mais fraca; dá-se o toque sobre a planta do pé (maior absorção de impacto) e o movimento de ‘patada’ ativa na chamada para reduzir a perda de velocidade horizontal; existe maior tempo de contato com o solo; a fase de vôo é próxima da do salto em comprimento, e tem apenas como diferença a menor velocidade horizontal, provocando uma menor fase de vôo. Para tal utiliza-se outro tipo de estilo – o tipo peito e o carpado. A correção do equilíbrio é feita através da rotação horizontal de braços, na fase terminal.

Velocidade (atletismo)

Velocidade_AtletismoTambém chamada de Corrida no atletismo. As corridas são, em certo sentido, as formas de expressão atlética mais pura que o homem já desenvolveu. Embora exista algo de estratégia e uma técnica implícita, a corrida é uma prática que envolve basicamente o bom condicionamento físico do atleta. As corridas dividem-se em curta distância ou velocidade (tiro rápido), que nas competições oficiais vão de 100, 200 e os 400 metros inclusive; média distância ou de meio fundo (800 metros e 1 500 metros); e longa distância ou de fundo (3000 metros ou mais, chegando até às ultramaratonas). Podem ser divididas também de acordo com a existência ou não de obstáculos (barreiras) colocados no percurso. Organizam-se ainda corridas de cross country ou um ‘corta-mato’ de campo e de montanha. Em pista podemos ainda assistir a corridas de barreiras e de obstáculos. Nas corridas de curta distância, a explosão muscular na largada é determinante no resultado obtido pelo atleta. Por isso, existe um posicionamento especial para a largada, que consiste em apoiar os pés sobre um bloco de partida (fixado na pista) e apoiar o tronco sobre as mãos encostadas no chão (posição de quatro apoios). São frequentes as falsas partidas, quando o atleta sai antes do tiro de partida, que é o sinal dado para começar a prova. Qualquer atleta que dê uma falsa partida será desclassificado. Contudo, nas provas combinadas (ex: decatlo) cada atleta tem direito a uma falsa partida. Nas provas mais longas a partida não tem um papel tão decisivo, e os atletas saem para a corrida em uma posição mais natural, em pé, sem poder colocar as mãos no chão.

Voleibol

VoleibolÉ um desporto praticado numa quadra dividida em duas partes por uma rede, possuindo duas equipes de seis jogadores em cada lado.

O objetivo da modalidade é fazer passar a bola sobre a rede de modo a que esta toque no chão dentro da quadra adversária, ao mesmo tempo que se evita que os adversários consigam fazer o mesmo.



Voleibol de praia

Voleibol de praiaÉ um desporto praticado na areia da praia, numa quadra de areia dividida em duas metades por uma rede. É praticado por duas equipes, cada uma composta de dois jogadores. Assim como no voleibol, o objetivo do jogo é jogar a bola por cima da rede para fazê-la cair na quadra do adversário, bem como evitar que o adversário consiga fazer o mesmo. Cada equipe pode tocar na bola três vezes antes de jogá-la para o outro lado. A bola é posta em jogo com um saque (ou serviço) — um golpe dado pelo sacador de trás da linha que delimita o fim de sua quadra. Ele deve jogá-la para o outro lado por cima da rede, e assim começa a disputa de cada um dos pontos. As disputas continuam até que a bola caia no chão ou não seja manipulada de maneira apropriada pelos jogadores. A equipe que vencer a disputa marca um ponto e fará o próximo saque, dando início à próxima disputa. Todos os quatro jogadores sacam. Os sacadores de cada equipe devem se alternar toda vez que sua equipe pontuar após um ponto da equipe adversária. Tendo surgido na Califórnia e no Havaí (Estados Unidos), o voleibol de praia atingiu popularidade mundial.

Vôo Livre

Voo LivreÉ um esporte radical, com vôo não motorizado, que utiliza as térmicas (atividade térmica e do vento na Camada limite atmosférica) para realizar vôos locais ou de grande distância, possibilitando alterar tanto a velocidade quanto a trajetória, e ainda escolher o local de pouso. O vôo é silencioso. O piloto pode perceber a estrutura espacial e as varições dos vórtices do escoamento atmosférico de maior ou menor dimensão em relação a dimensão da aeronave. Dessa forma distingue-se do paraquedismo, do BASE jumping e do balonismo, sendo mais próximo do vôo das aves que plainam durante o movimento de ascensão ou deslocamento helicoidal. As duas principais modalidades são o parapente e a asa-delta.

Wakeboard

WakeboardÉ um desporto aquático praticado com uma prancha tipo snowboard, puxado por uma lancha. Foi inventado nos Estados Unidos e inicialmente praticava-se com uma prancha de surf com fixações. Surgiu como uma alternativa para os surfistas nos dias de pouca onda. Foi assim que surgiu a idéia do wakeboard, mais precisamente no ano de 1979, quando o norte-americano Tony Finn, inventou o ‘skurfing’, o embrião do esporte. O wakeboard pode ser praticado em qualquer lugar que ofereça espaço para o trajeto do barco e segurança para o atleta. É importante que se tome cuidado com os banhistas; pois com a alta velocidade empregada no esporte, qualquer choque pode se tornar uma ocorrência grave. As pedras também trazem grande perigo ao praticante. A maior recomendação é que se procure praticar em locais com uma boa profundidade. O wakeboard antes de tudo deve ser praticado com todo o cuidado, já que a negligência no esporte pode trazer sérios problemas. Os melhores locais para a prática são em represas, lagos, mares, desde que não haja muita onda, o que dificulta a execução das manobras, principalmente para quem está começando no esporte. Uma prancha, uma corda e um barco. Esses são os equipamentos básicos e necessários para a prática do wakeboard. A prancha deve estar de acordo com o peso e o tamanho do atleta.

Windsurfe

WindsurfePrancha à vela é uma modalidade olímpica de vela. No mundo, o Havaí, Ilhas Canárias e praias do Caribe são considerados ótimos lugares para a prática do windsurf.

É praticado com uma prancha idêntica à prancha de surfe e com uma vela entre 2 e 5 metros de altura. Consiste em planar sobre a água utilizando a força do vento.




Referências: Wikipédia – a enciclopédia livre













Internet Marketing | Salutaris | General | Folha |



youtube_vm youtube.am youtube_vm youtube.am youtube_vm

Topo




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *